DIÁRIO DE BORDO DA TERRA
Mergulhando nas Profundezas…a Lua Nova de Câncer e as Energias que Entram
6 de Julho/2008
por Celia Fenn


 

6 de Julho: Mergulhando nas Profundezas…a Lua Nova de Câncer e as Energias que Entram. Bem, este tem sido um tempo verdadeiramente profundo. Quando Arcanjo Miguel mencionou que a energia da Lua Cheia de Câncer nos daria a oportunidade de penetrar nas profundidades de nosso ser e confrontar as bases de todas nossas ilusões, eu não tinha nenhuma idéia de quão profundo este processo seria!

A semana passada notei que estava processando emoções em uma velocidade acelerada, e que isto estava ecoando nos sonhos que tinha. Não tenho dúvida de que estamos a ponto de dar um gigantesco salto na consciência com as energias que entram no final de Julho e princípio de Agosto, e este processar profundo é uma maneira de permitir nos prepararmos para abraçar ao máximo esta luz que chega.

Em uma conversa de brincadeira com uma amiga, comparava isto com um Tsunami que chega, conhecem esse período bem antes do tsunami chegar, quando de repente a maré baixa realmente muito e tudo fica exposto…..e depois chega o tsunami. Bem, estou esperando que uma onda de Luz Dourada envolva ao planeta nas próximas semanas e, enquanto nos preparamos para dar este enorme passo em nossa evolução, estamos sendo conduzidos diretamente até nossos próprios “alicerces” pessoais, para que vejamos as ilusões básicas sobre as quais construímos nossas velhas vidas e crenças.

Devo dizer que achei este processo muito curador; foi um que entrei com muita delicadeza. Como aqui é inverno e estamos passando por dias chuvosos, estive na cama dormindo de montão, o que me permitiu realizar este profundo mergulho em meu ser de maneiras suaves, cheias de sonhos e de mensagens do meu Ser Superior que estão abrindo caminho em minha consciência com muita facilidade.

Como sempre, nem sempre é fácil abrir mão das velhas idéias e padrões de nosso ser que nos estão sendo mostrados agora. Estamos absolutamente alcançando nossa Liberdade e nosso Poder Pessoal agora, e não podemos mais escolher representar papéis de vítimas, nem em nossas vidas pessoais ou em nossos grupos sociais.

Esta foi uma correlação interessante, porque enquanto estava lidando com as origens da energia de “vítima” em minha própria história familiar, também estava mantendo uma larga conversação com outra pessoa a sobre as chamadas “forças escuras”, que se diz que controlam nossa sociedade, e me dei conta de que esse tipo de “consciência de vítima que tira o poder” faz parte da velha energia com a qual temos que romper. Nós não somos vitimas impotentes do nosso passado ou de nenhuma outra força incontrolável. Somos seres imensamente poderosos e criativos, e se pudéssemos simplesmente acreditar nisto nós poderíamos avançar com esta nova onda de Luz Dourada que está chegando para transformar nosso planeta, criando o mundo que queremos. Mas primeiro temos que deixar de ser vítimas de nosso passado, e permitir que nosso passado controle quem e o que nós somos hoje.

Agora temos a escolha agora, temos a liberdade agora de criar uma realidade nova e diferente. A Terra nos está entregando um Tsunami de Poder Dourado, depende de nós concentrar essa energia nas mudanças que queremos ver em nossa Terra.

Portanto, neste processo preliminar de “mergulho profundo” no ser, deixemos que o velho saia para a superfície e seja liberado. Assim poderemos confrontar nossos medos e nossa ira e vê-los como as ilusões que são. Descobri, em meu próprio eu, que estava me apegando em algumas irritações muito velhas que continuavam aflorando em situações que realmente não tinham nenhuma relação com outra coisa que não se fosse eu me sentir uma vítima. E depende de mim mudar essa energia. Os velhos padrões que estavam vigorando em minha família eram os de não expressar os sentimentos; e é claro, quando você não diz o que se sente, então ninguém sabe o que você sente, e eles continuarão a agir e se comportar de maneiras que nos serão difíceis. Assim, desejar expressar os sentimentos foi uma mudança muito importante para mim. Tive que “limpar” este velho padrão sendo muito direta com algumas pessoas e, em outros casos, possivelmente fui muito rigorosa, mas a mudança foi fortalecedora. Me deixou confiante de que posso estar aqui na Terra sem me colocar em nenhum dos padrões de “vítima”.

Acredito que o mesmo se aplica à realidade Mundial. Se pudéssemos aprender como expressar o que pensamos e sentimos de maneiras claras, e então não nos permitir tornarmo-nos vítimas de “forças” que conspiram contra nossos desejos. Alem disto, se pudermos assumir nosso poder criativo e concentrar nossa intenção na criação de Paz e Abundância, nem sequer teremos necessidade de interagir com as velhas forças velhas que, de qualquer forma, estão em processo de dissolução. Focalizem-se no Agora e no que será, e não deixemos que o passado seja a prisão de medo que nos aprisiona!

Nesta época também, à medida que as pessoas estiverem despertando e abandonando a velha realidade e entrando na nova, muitos de nós estaremos refletindo sobre nosso trabalho e nossas vidas e se perguntando, estou fazendo a coisa certa? Estou fazendo o bastante? É esta a minha missão ou meu caminho ou qual é minha missão e meu caminho?

Muitas pessoas perguntam isso, e Arcanjo Miguel sempre diz que, neste momento, enquanto passamos para a realidade da Nova Terra, a única “missão” que temos é a de seguir os nossos corações e nossas paixões.É a paixão que nos fará avançar, e não nenhum caminho predeterminado. Porque não existem caminhos predeterminados. Na Quinta Dimensão estamos o suficientemente despertos e conscientes para trabalhar com nosso EU SOU e seguir a orientação de seu EU SOU conforme expressado através das paixões de nossa alma. E, se não estiverem sentindo paixão, talvez tenha chegado o momento de estar consigo mesmo e decidir o que faria você apaixonado desta vez. Muitos de nós mudamos muitíssimo nos últimos anos e o que antes nos apaixonava talvez já não seja o que agora nos mobiliza.

No passado era fácil ser um Trabalhador da Luz, havia um caminho claramente definido vocês se tornavam professores e curadores. Mas esse foi caminho da Primeira Onda. As ondas subseqüentes de Trabalhadores da Luz ascendidos não foram concebidas para seguir esse rumo, pois agora o trabalho consiste em manifestar uma nova sociedade e levar a mudança ao nível material. E assim, muitos estão agora apaixonados pela Terra, pelos modos de vida sustentáveis, pelo ambiente, as plantas e os animais, e grande parte da Nova Energia Dourada está sendo focada na criação do novo Paraíso Terra. Muitos de nós descobrirão que nossas paixões nos vão conduzir nessa mesma direção nos tempos vindouros.

Meus sonhos vêm me dizendo que chegou a hora do Novo, de novos espaços e de novas experiências. Ontem à noite sonhei que estava em um edifício muito grande procurando por “meu escritório”. Entrei na sala onde pensei que era, mas descobri que a sala se tornou uma sala-de-aula, e que esta estava cheia de jovens angelicais vestidos com camisetas rosas e lavanda, tomando aulas. Pareciam encantadores; mas quando entrei, todos eles gritaram repentinamente “porta errada”, e assim eu recuei. Obviamente, as coisas haviam mudado. Depois de ter sido “professora” de alguma qualidade durante a maior parte de minha vida, essa era agora a “porta errada”. Assim, caminhei pelo corredor até que encontrei meu escritório e entrei nela, e era o meu escritório, já que ali dentro estava minha assistente me esperando. Mas…era um salão enorme e vazio, sem nada em seu interior, e eu disse, deve haver algum engano, é muito grande. Minha assistente riu e disse, não, este é seu escritório, e eu olhava à outra ponta do salão e dizia, mas o que precisamos fazer aqui, jogar tênis, é suficientemente grande, e então nós duas começamos a rir. Vi minha escrivaninha posta de lado em um canto e parecia muito pequena, e meu último pensamento neste sonho foi que talvez deveria pôr um sofá e algumas poltronas para que a gente pudesse conversar uns com os outros ali.

Assim, penso que o que meu sonho me está dizendo para sair dos estreitos limites do passado para contemplar os grandes espaços e a liberdade de brincar e criar… de fazer o que quiser neste novo espaço. Certamente é um novo e diferente espaço e o que nós éramos no passado já pode não mais o que nós somos agora. Nós precisamos ter a coragem e a jovialidade para ver o que nós faremos em nosso novo espaço novo!
 


Tradução: Silvia Tognato Magini silvia@starchildglobal.com

© 2007-8 Celia Fenn e Starchild Global


Creative Commons License
Este trabalho é licenciado sob a Creative Commons License.

Você está livre para copiar, distribuir, exibir e executar a obra, sob as seguintes condições: Você deve dar crédito ao autor, não poderá utilizar este procedimento para fins comerciais, e você não pode alterar, transformar ou basear - se neste trabalho. Para qualquer reutilização ou distribuição, você deve deixar claro para outros os termos da licença deste trabalho. Qualquer uma destas condições podem ser derrogadas se você obter permissão do detentor dos direitos autorais. Qualquer outra finalidade de utilização deve ser concedida autorização pelo autor.
http://www.starchildglobal.com/portuguesa/earthlog/july2008-pt.html

Gostou! Indique para seus amigos.

Topo da Página|   |Voltar Página  Celia Fenn|   |Voltar Home