Diário de Bordo da Terra
MUNDO DE ÁGUA... E A PROFUNDA TRISTEZA E DOR...
por Celia Fenn
02 de fevereiro de 2008

 

Mundo de Água..... e a Profunda Tristeza e Dor.... uma Hora para Novos Começos : Bem, para muitos de nós esta foi uma semana daquelas. Certamente, os velhos modelos de pensamento e de comportamento estão surgindo para que os curemos e liberemos para sempre! À medida que vamos trazendo os Códigos da Nova Energia Masculina, descobrimos que todas as ilusões ou traumas profundos em nossas almas e corpos estão surgindo para sua limpeza e liberação final.

Ok.... Sinto a inquietação e a ira que estão aí fora. Muitas as pessoas escrevem e Dizem coisas como: “Eu fiz meu trabalho, por que ainda estou em nesta situação infeliz?”, ou “Quanto tempo mais levará para ser feliz?”, ou “O que fiz de errado?”. Bem, a resposta é que talvez isto não tenha tanto a ver conosco como indivíduos, e não seja algo que possamos relacionar com nossas vidas individuais. Somos um Coletivo e também temos traumas planetários coletivos para liberar.

Tudo está relacionado com a Água.... como me diz Arcanjo Miguel.... e com o trabalho que estamos fazendo para limpar e “reprogramar” a água de nosso planeta. Como Dr. Emoto demonstrou, a água transmite emoções e sentimentos a longas distâncias. Possui uma inteligência comunicativa. Tem memória. Pode conter padrões tanto de trauma como de esplendor, dependendo da consciência daqueles com quem ela se conecta. Nossos corpos são oitenta por cento água . Os sentimentos e as emoções surgem através da consciência da água e são transmitidas por todo o planeta através da água em nossos corpos. Assim, às vezes recebemos sentimentos dos que não podemos nos responsabilizar. Repentinamente, nos sentimos tristes, deprimidos, raivosos ou incomodados.. Estamos recebendo uma “mensagem da água” vinda do fluxo da Consciência Coletiva.

O Arcanjo Miguel diz que uma vez, há muitos milhares de anos atrás, existiu um mundo original radiante com continentes chamados Atlântida e Lemuria. Era um “primeiro” mundo no qual os anjos em forma humana experimentaram pela primeira vez a idéia de criar o céu nesta densa dimensão da manifestação física que era o Planeta Terra. Para conseguir isto, era necessário que eles equilibrassem a Água e o Fogo e a densidade e a luz. E aquilo deu certo, e a vida na Terra foi Jubilosa e Feliz.

Mas, depois de um tempo, os responsáveis por “manter” o Equilíbrio das energias, vamos chamá-los “sacerdotes” e “sacerdotisas”, tornaram-se muito “pesados” e perderam esse equilíbrio e a habilidade de mantê-lo. Foram incapazes de sustentar o equilíbrio entre o Fogo (o Espírito) e a Água (a Consciência Coletiva). E assim, o Merkaba Planetário foi tirado do equilíbrio e a Terra se rompeu. Os continentes da Atlântida e Lemuria se perderam sob as águas. Não foi “culpa” de ninguém, foi uma questão de inexperiência entre os que trabalhavam com as energias. Mas o Coletivo Humano ficou tão traumatizado por aquele desastre que começaram a se culpar e a se sentir indignos e deprimidos, e começaram a inventar histórias sobre pecados, iras e castigos para explicar por que se sentiam tão mal consigo mesmos. E se afastaram da Fonte Divina, e viram a si mesmos como separados, perdidos e sós.

E a memória desse trauma ficou impressa nas águas do Planeta, e codificada nas matrizes da água de corpo físico. E, como essa ferida nunca ficou curada na psique Planetária, ela continua fluindo através da Consciência Coletiva como uma maré de dor e tristeza. Mas como a Radiancia da Luz da Fonte está aumentando, enquanto a Consciência e Percepção voltam a se elevar na direção e aceitação da Divindade Humana, as velhas feridas se tornam mais claras e evidentes.

Então, embora estejamos entrando em um novo ciclo de Alegria e Criatividade, a água nos lembra que ainda estamos liberando essa perda e essa tristeza tão profundas. Sentimentos de falta de desmerecimento, perda, medo e ira que surgem da Consciência Coletiva e buscam uma projeção em nossas vidas, de forma que de que possam ser curadas. Durante milênios o coletivo continuou criando e re-criando a partir deste nível de trauma e desastre. É hora de terminar o ciclo de trauma ao limpar a sua origem dentro de nós mesmos.

Portanto, perguntei ao Arcanjo Miguel... como se reprograma a água à nível Coletivo? Bem, aqui é onde o Poder Pessoal se torna uma necessidade. Cada um de nós tem que sustentar a Clareza, a Paz e o Amor dentro de seu próprio Ser. Se formos capazes de manter essas qualidades próprias do Amor Incondicional da Fonte, liberando todos esses sentimentos de tristeza, depressão, perda, desastre e desmerecimento, poderemos reprogramar a água em nosso próprio ser para manter a marca da Super-radiação ou Superconsciência. Isto transmitirá o novo padrão de Amor, este modelo sagrado e belo, nas águas físicas, que representam o fluxo de nossa Consciência Coletiva.

Na verdade somos um com o Planeta. De muitas maneiras, nós somos o Planeta, em nossa própria “Unidade” com todas as coisas. Sentimos o que o Planeta sente. Nós somos poderosos criadores também , podemos “reprogramar” estas experiências ao negar essa ilusão de trauma, e permitir somente o Amor. Quanto mais Amor e Alegria pudermos transmitir aos Grades das Águas Planetárias, mais diremos ao Planeta que o Coletivo Humano curou as profundas feridas da Atlântida e da Lemuria, e está pronta para ascender plenamente para a nova realidade, em que o Céu novamente volta a se expressar na Terra.

Assim, assumam seu Poder Pessoal como uma Forças Criativa e saibam que podem reprogramar os sentimentos e as emoções de seus corpos. Podem tornar-se “Sacerdotes” ou “Sacerdotisas da Água”, naqueles que sustentem as energias do Amor e da Alegria para manter o Coletivo Planetário em um Elevado Nível de Consciência, que limpam e reprogramam a Água em “Super Radiancia”, este estado onde a Água reflete e transmite Amor e Gratidão e Beleza.

Portanto, se sentirem essas ondas de tristeza, se sonharem com tsunamis ou temerem inundações e elevações dos níveis das águas, saibam que estão ajudando a dissipar e a limpar os velhos ecos de um Trauma Coletivo, para que o Céu possa se manifestar na Terra. Este novo Céu na Terra será mantido, a nível energético, pelos recém evoluídos Anjos Humanos, os que tem o Poder, a Força e a Alegria para criar o Céu na Terra e mantê-la em Paz e Amor. A hora é.... Agora!
 



Tradução: Silvia Tognato Magini silvia@starchildglobal.com

Fonte:
http://www.novasenergias.net/starchild_brasil/earthlog/fevereiro2008.html

© 2007-8 Celia Fenn and Starchild Global


Você está livre para copiar, distribuir, exibir e executar a obra, nas seguintes condições: Você deve dar crédito ao autor, não poderá utilizar este procedimento para fins comerciais, e você não pode alterar, transformar ou basear - se neste trabalho. Para qualquer reutilização ou distribuição, você deve deixar claro para outros os termos da licença deste trabalho. Qualquer uma destas condições podem ser derrogadas se você obter permissão do detentor dos direitos autorais. Qualquer outra finalidade de utilização deve ser concedida autorização pelo autor.

Gostou! Indique para seus amigos.

Topo da Página - Voltar Menu Célia - Voltar Home