O ECLIPSE SOLAR DE 3 DE NOVEMBRO:
A REESTRUTURAÇÃO NA LUZ
Mensagem de Célia Fenn
24 de Outubro de 2013
 
Estamos agora na transição de um Eclipse Lunar (18 de Outubro) para um Eclipse Solar (3 de Novembro). Com a poderosa onda de energia de Julho/Agosto, isto criou um “clima’ de Energia muito intensa. O Eclipse Lunar, em Outubro, estava em Áries, e foi impactado por Urano em Áries, significando que muita energia imprevisível foi solta nas Grades.

Como vocês podem saber, os eclipses são sempre um momento em que as Grades da Terra são re-calibradas com os novos Códigos de Luz que chegam e, embora isto possa ser turbulento, o resultado é sempre positivo.

Assim é com estes dois eclipses, um Lunar e outro Solar.

O Eclipse Lunar permite a mudança na consciência interior e um Eclipse Lunar, em Áries com conexões com Urano, certamente derrubará muitas de nossas velhas idéias sobre Liderança e a energia do “Guerreiro” e abrirá caminho para algo novo.

Não é surpresa, portanto, que neste momento o Congresso dos Estados Unidos decidisse “interromper” a criação de perguntas sobre o governo e a economia, globalmente. O cenário está colocando algo novo para emergir na Consciência profunda do Coletivo.

O efeito de Mercúrio Retrógrado neste momento é também para que nos tornemos menos ativos e nos dê um espaço para integrarmos estas energias e permitamos que o Novo surja, à medida que avançamos para o segundo Eclipse de 3 de Novembro. Este é um Eclipse Solar em Escorpião.

Os Eclipses Solares permitem a re-calibração das Grades com os Códigos de Luz que trazem novas idéias e informações sobre o mundo exterior e como percebemos este mundo. Assim, um Eclipse Lunar e um Eclipse Solar trabalham juntos para superarmos velhas idéias, para trazer novas idéias e ativá-las nas Grades, ou na Consciência Coletiva do Planeta.

Neste caso, o Eclipse Lunar em Áries (um signo solar/ do fogo) e o Eclipse Solar, em Escorpião (um signo da água), formam uma tensão criativa e uma sinergia, movendo a energia em um nível muito profundo, tanto nos indivíduos, quanto no Coletivo.

O foco disto é então, observar como este próximo Eclipse irá nos afetar individualmente e também o Nível Coletivo. Assim, em primeiro lugar, algumas informações sobre a natureza do próprio Eclipse.

O Eclipse está em Escorpião, a casa que lida com questões internas muito profundas, a intuição e também, com os negócios e finanças na área pública (de acordo com a astrologia tradicional). Assim, mais uma vez, sem surpresas em relação a isto, as finanças são uma questão fundamental agora, e também pode ser para muitos de vocês que estão lendo esta mensagem.

Assim, no momento do Eclipse de 3 de Novembro, a Lua Nova estará a 16 graus de Escorpião, Mercúrio estará a 7 graus de Escorpião, Saturno estará a 13 graus de Escorpião e Vênus estará a 28 graus de Sagitário. Agora esta última parte da informação é importante, porque Vênus estará em alinhamento com o Centro Galáctico, em relação às energias do Eclipse.

As Principais Energias são a Lua Nova, trazendo as sementes do Novo, Mercúrio focando idéias e energia mental, e Saturno ativando as forças da Reestruturação. Além disto, assim como um bônus, temos o nodo norte da Lua a 7 graus de Escorpião também, adicionando uma dose de profunda liberação “Karmica” à mistura.

Assim, vocês podem ver agora que há uma energia muito profunda em torno do dinheiro, liderança, mudança, sentimentos muito profundos nos indivíduos e no Coletivo. Mas, o efeito de Vênus ao se alinhar com o Centro Galáctico é introduzir os Códigos de Luz do Conselho Galáctico, através de Vênus, o que terá um impacto nas energias de Vênus: da Beleza, da Harmonia e, sim, do Dinheiro!

Assim, olhando para esta poderosa mistura, parece muito provável que a “recalibração” que está ocorrendo, envolve a Economia e as Finanças e como nós, como indivíduos, relacionamo-nos com a Abundância e como originamos esta abundância em nossa Sociedade.

A um nível individual, isto significa que estaremos dirigindo um olhar profundo para as nossas “velhas” crenças sobre o dinheiro e as finanças, e nos permitindo pensar de maneira diferente. À medida que aceitarmos os novos “Códigos de Luz” do Centro Galáctico, seremos guiados a uma compreensão mais compassiva da Abundância e como ela pode ser criada em nossas vidas, como indivíduos. Neste processo, estamos nos despojando de velhas idéias e permitindo o Novo.

Podemos ter que desistir de idéias arraigadas que desenvolvemos em relação ao “trabalho pesado” e às “recompensas”, quando percebermos que estas não mais são verdadeiras. No século 21, aqueles que trabalham arduamente são muitas vezes aqueles que têm menos na vida.

Assim, é o momento para reconsiderarmos a maneira com que manifestamos a abundância como indivíduos, mas também, como compartilhamos esta abundância como uma sociedade, pois os dois estão conectados.

Na Quinta Dimensão, estamos todos conectados no Círculo da Vida e, assim, as questões da Economia e das Finanças afetam a todos nós, em algum grau. Ainda que estejamos “confortáveis”, não ficamos de fora da Família interligada da Vida no Planeta Terra. É uma questão que afeta a todos nós.

Assim, podemos esperar que estaremos enfrentando problemas profundos, relacionados as nossas próprias finanças e como nos relacionamos com a maior Comunidade Global. A Mudança é inevitável, como diz o Arcanjo Miguel.

O CAMINHO DO ECLIPSE... A ÁFRICA SE ELEVA.

A natureza deste Eclipse é o que se chama de “híbrido”. É parcialmente um Eclipse Total e parcialmente Anular, que é um tipo de Eclipse Parcial.

O Eclipse Total segue um caminho em toda a África Central, a partir das Florestas Tropicais do Gabão, através do Congo e da República Democrática do Congo, para a Uganda, Quênia e então a extremidade da África, Etiópia e Somália. O Eclipse Parcial cobre a maior parte da África.

Este é um Eclipse Africano e está despertando a África!

Em primeiro lugar, a área do Eclipse Total é a Floresta Tropical Africana principalmente profunda, um dos ambientes mais primitivos do Planeta. É um momento em que os “Códigos da Floresta” para a Nova Terra serão poderosamente ativados na África.

Mas, em outro nível, estes Códigos de Luz irão libertar a África da profunda escuridão que foi nela impulsionada no final do século 19 e início do século 20, e permitir que ela ressurja novamente na Luz.

A África é provavelmente o continente mais “ignorado’ no Planeta. Não se sabe muito sobre a história de um dos maiores continentes do Planeta, a não ser o que é dito como o ponto de origem da vida humana. Foi o “Mu” original... o primeiro continente que se expandiu para se tornar a Lemúria e então a Atlântida.

Ela mantém os poderosos Códigos originais da Criação, que foram detidos pelos Guardiões da Criação, os Guardiões Elohim da África. Estes Códigos da Criação estão prontos para serem liberados novamente às Grades, no momento deste Eclipse.

Esta liberação permitirá que os Guardiões e Criadores da Terra, que trabalham com os Elohim , acessem novamente a Biblioteca Holográfica, no Centro do Planeta.

Mas, retrocedendo no tempo, no final do século 19, no período da expansão do Império Anglo/Europeu/Americano, havia o que é conhecido como uma “Partilha da África”, em que os Colonizadores Europeus “agarraram” tanto do continente quanto eles puderam.

A África do Sul, após ter sido explorada pelos Portugueses, foi passada da Holanda para a Grã-Bretanha e se tornou uma colônia britânica, assim como a Suazilândia, Botswana, Lesoto, Zimbabwe e Zâmbia.

Os Portugueses se dirigiram para Moçambique e Angola. Os Alemães tomaram a Namíbia. Os Belgas tomaram o Congo, enquanto os britânicos também tomaram Quênia, a Uganda e a Tanzânia.

Enquanto tudo isto estava acontecendo, os Elohim Guardiões junto com os Guardiões das Grades Africanas, fecharam as grades e trancaram o acesso aos Códigos originais da Criação. E, assim, como o Lugar original da Luz e da “Mãe”, a África se tornou o “Coração das Trevas” e continuou a ser desde então.

Agora é o momento em que o “Coração” da África será ativado e a Luz retornará. Quando eu era mais jovem e estava envolvida em política antiapartheid, tínhamos um ditado que dizia: “África Mayibuye!”. Isto significa “África.. Que ela possa vir!” Era uma maneira de dizer que a África ressurgiria na Luz. Acho que este é o momento em que a África começará a se elevar na Luz!

Os códigos do Eclipse Solar dissolverão as sombras projetadas na África e ela começará a despertar para quem ela realmente é como um Continente. Os Novos Códigos de Luz trarão novas idéias sobre as Florestas Tropicais, sobre o Jardim original do Planeta, sobre a Mãe e cuidar da Sociedade e compartilhar a abundância.

----.....---==II==----.....----
Tradução: Regina Drumond Chichorro – reginamadrumond@yahoo.com.br

© 20013 Celia Fenn e Starchild Global

http://www.starchildascension.org/

Este trabalho é licenciado sob a Creative Commons License

Você é livre para copiar, distribuir, exibir e executar a obra, sob as seguintes condições: Você deve dar crédito ao autor, não poderá utilizar este procedimento para fins comerciais, e você não pode alterar, transformar ou basear - se neste trabalho. Para qualquer reutilização ou distribuição, você deve deixar claro para outros os termos da licença deste trabalho. Qualquer uma destas condições podem ser derrogadas se você obter permissão do detentor dos direitos autorais. Qualquer outra finalidade de utilização deve ser concedida autorização pelo autor.

 
Gostou! Indique para seus amigos.

|Topo da Página| |Voltar Menu Celia Fenn| |Voltar Home|