AVANÇANDO NA JANELA DE 2012
Uma mensagem de O Conselho dos 12, canalizada por Selácia
29 de Maio de 2009

Nestes meses recentes, enquanto vocês observavam o seu mundo e percebiam quantidades crescentes de disfunção, podem estar perguntando como a multidão de problemas globais pode ser remediada. Vocês podem também estar imaginando como a confusão do mundo influenciará a sua vida e a sua habilidade de prosperar e de viver com alegria. E podem estar perguntando como podem encontrar o seu centro, quando o mundo não parar o suficiente para que vocês prendam a respiração.

Vocês podem questionar como podem passar com sucesso a grande mudança que está acontecendo nesta janela de 2012.

Quando vocês ouviam as notícias, ou até observavam as pessoas ao seu redor, de temas familiares eram lembrados. Estes incluem a fusão econômica global, a crise de energia, e uma batalha aparentemente interminável de idéias.

Estes temas são familiares em inúmeros níveis. À medida que vocês se sentem impactados por estas coisas, elas se tornam até mais familiares a vocês.

Fusão Econômica

Considerem a fusão econômica, por exemplo. Talvez vocês tenham preocupações verdadeiras sobre o seu bem estar financeiro, a sua habilidade de sustentar os seus filhos, ou até a perspectiva de terem menos dinheiro do que têm agora.

Mesmo sem estas preocupações, se os seus amados ou cooperadores estão estressados em relação às finanças, provavelmente vocês vivenciem um impacto indireto. O dinheiro pode não estar no alto de sua "lista de preocupações", entretanto, quanto mais vocês ouvem sobre os infortúnios dos outros, mais os seus próprios medos subconscientes de carência e de limitação vêm à tona.

Crise da Energia

A crise da energia, freqüentemente ligada ao aquecimento global e ao meio ambiente, não é um problema que desaparecerá em breve. Este tópico de caráter muito político está recebendo agora uma quantidade substancial de atenção em todo o mundo, colocando o problema da energia no radar diário das pessoas.

Quando os preços do combustível dispararam a níveis preocupantes, no verão de 2008, a noção de uma crise energética se tornou familiar para milhões de pessoas que ou dirigiam ou usavam transporte público. Entretanto, vocês podem ter adquirido um carro mais eficiente quanto ao combustível ou encontrado meios de desfrutar de mais atividades próximas à casa. Não obstante, vocês têm contínuos lembretes de que este é um problema muito maior do que vocês pensavam pessoalmente.

Batalha de idéias

Os conflitos do mundo nos dias atuais entre os países estão focados mais em idéias do que no território. Há uma crescente compreensão de que as batalhas de idéias são até mais problemáticas de resolver do que as guerras físicas de gerações anteriores. As idéias nestes dias de disseminação instantânea de informações, podem proliferar rapidamente.

Uma idéia pode impressionar alguém parcialmente ao redor do mundo. Um jovem em Nova York, por exemplo, pode falar um idioma diferente do que os extremistas de um país distante, e não ter um treinamento prévio nas idéias apresentadas. Entretanto, se este jovem estiver se sentindo desorientado, ou de outro modo, privado dos direitos civis de sua sociedade, pode ficar vulnerável às sugestões de outros. Estas idéias podem salientar os seus medos e a sua raiva diante do mundo injusto que ele vê ao seu redor.

A propaganda e o extremismo estão em alta, apresentando-se com muito mais transparência do que antes. Na raiz destas respostas estão as energias baseadas no medo que mantêm travadas as estruturas do velho paradigma. Estas energias incluem o ódio, o preconceito, um desejo de controlar e de dominar, e uma falsa percepção dos outros como o inimigo.

Foram estas energias durante todo o passado da humanidade que levaram às hostilidades em múltiplos níveis como bloqueios, divisões das fronteiras dos países, restrições legais impostas ao comércio, genocídio, e outros assassinatos em massa. Seja, humanos que empreendem batalhas sanguinárias de conquistas físicas com armas, ou conflitos baseados em idéias, a força motriz básica destas batalhas é a mesma.

De uma perspectiva espiritual mais elevada, não há nenhum ganho envolvido - em qualquer tipo de guerra.

A um nível pessoal, se vocês não se interessam pela política, e assistem pouco à televisão, podem se sentirem isolados desta batalha de idéias. Na verdade, o novo mundo cheio de luz que vocês procuram viver, não pode existir no meio desta batalha universal. Portanto, vocês gostarão de se preocupar com esta guerra de idéias e de tratá-la de seu próprio modo pessoal.

O Que Vocês Podem Fazer

Como vocês podem fazer isto?

Primeiro, é útil que se lembrem de que qualquer coisa que ocorra em seu mundo é uma manifestação externa de conflitos internos dentro do todo da humanidade.

Julgamentos de todos os tipos devem cessar para que vocês sejam livres. Vocês podem julgar outros como maus, e podem se julgar como melhores do que os outros. Qualquer forma de julgamento os manterá em cativeiro. O julgamento, tanto bom quanto mal, está ligado à separação.

A idéia de separação é uma falsa identidade que os impede de viverem em sua Nova Terra.

Contanto que vocês se apeguem às noções de separação, serão desafiados a encontrarem o seu centro. Vocês se sentirão também impedidos de expressarem plenamente o seu propósito Divino na Terra.

Para muitas pessoas em um caminho espiritual, há uma tendência de perceber os conflitos do mundo baseados no medo, como separados e insondáveis. Há um distanciamento e um horror freqüentemente sentidos, como se as atrocidades do mundo sejam coisas que somente outros poderiam realizar. Freqüentemente, há presunção, expressa como sentimentos de superioridade e supremacia.

Quando vocês abordam deste modo, estão vivendo uma mentira de separação, esquecendo-se de que vocês são seres eternos.

Vocês Viveram Antes

Vocês realmente viveram antes, algumas vezes em circunstâncias absolutamente diferentes do que desfrutam agora. Vocês podem ter nascido em condições muito menos afortunadas, sem acesso aos ensinamentos espirituais e sem modelos positivos para dirigi-los na direção da razão.

Em outro tempo e lugar, sem a consciência que vocês têm agora, poderiam estar sujeitos às mesmas energias de vileza e vingança que vocês observam que ocorre em sua atual batalha de idéias do mundo. Vocês poderiam não ter tido a consciência de evitar as tentações destas energias. Vocês podem realmente ter causado grande prejuízo aos outros.

Ainda que todas as suas encarnações anteriores estivessem ao nível da consciência de um grande professor espiritual, o seu DNA humano os conecta com toda a humanidade e com as linhagens do passado da humanidade.

Aos níveis mais elevados da verdade, não há separação. Não há bem ou mal. Não há "vocês e eles".

Quando vocês estão vibrando neste nível mais elevado da verdade, vocês vêem o amor e a perfeição Divina em todos os lugares. Vocês reconhecem esta energia em si mesmos, em seu mundo exterior, e nas pessoas aparentemente diversas que vocês encontram.

Reconhecendo o Divino nos Outros

Vocês são capazes de desconsiderar as aparências exteriores e a expressão das pessoas de ignorância espiritual. Vocês são capazes de contemplar a sua alma, e saber que elas são unas com vocês. Elas têm a mesma chispa Divina que vocês têm. Vocês reconhecem isto.

Vocês têm compaixão pelas pessoas mal orientadas ao seu redor, compreendendo que se elas conhecessem um caminho melhor, elas o escolheriam. Vocês sabem que elas estão sofrendo. Vocês têm compaixão quando vêem que elas estão criando até mais sofrimento para si mesmas, através das atuais ações baseadas no medo. Ao mesmo tempo, vocês confiam que estas pessoas eventualmente - em alguma existência - despertarão e se ligarão com o seu próprio potencial de iluminação

Entretanto, quando vocês observam e interagem com pessoas ainda não totalmente despertas, vocês mantêm o espaço para que elas despertem. Um modo de fazerem isto é ter paciência, mostrar benevolência até quando alguém mais é mesquinho. Vocês mantêm o espaço para o despertar de outros, também, ouvindo intensamente e estando muito presente. Vocês os ensinam deste modo também.

Vocês ensinam outros através de suas ações, através de suas palavras, e algumas vezes, através do seu silêncio. Vocês mostram aos outros, através do seu próprio exemplo, como serem livres do medo e do julgamento na batalha de idéias do seu mundo.

Cuidando de Si Mesmos

O que mais vocês podem fazer?

A coisa mais útil que vocês podem fazer é se comprometer com a sua própria auto-realização. Como parte disto, vocês podem agir diariamente para compreenderem melhor a si mesmos. Isto não é um conhecimento a nível superficial, mas uma profunda análise em suas motivações internas, seus desafios exclusivos, e seus relacionamentos fundamentais.

O conhecimento que vocês buscam ultrapassa a sua humanidade, entretanto ele inclui uma compreensão das várias máscaras que vocês assumiram sem conhecimento. Vocês querem ser capazes de descobri-las, e, entretanto, sabem sempre que por baixo das máscaras, o seu eu Divino brilha como um diamante! É este eu resplandecente que vocês procuram encontrar.

Confiem que vocês têm uma abundância de ajuda para encontrar este diamante durante esta auspiciosa existência. A ajuda disponível para vocês é tanto dos planos internos quanto externos. Ela está sempre presente.

Prossigam em seu próprio ritmo, entretanto, saibam que a sua alma pode, algumas vezes, lhes dar um forte cutucão! Se vocês sentiram estes cutucões no passado, podem tê-los considerado como "chamados de despertar", ou até como uma "noite escura da alma"

Preparando-se para 2012

Não é a sua imaginação se vocês sentirem que o número e a intensidade dos cutucões se intensificaram nos últimos anos. Uma parte sábia de vocês sabe que vocês vivem em uma extraordinária janela de tempo à frente de 2012.

É uma oportunidade fundamental para vocês e para toda a humanidade despertar mais plenamente e fazerem escolhas radicalmente diferentes quanto a como vocês expressam a sua humanidade. Estas escolhas começam com vocês, e quanto a como vocês abordam a vida na Terra.

Vocês já estão fazendo escolhas, naturalmente. A idéia aqui é se tornar totalmente consciente de suas escolhas, no momento presente em que vocês as contemplam e as fazem. Suas escolhas não podem mais ser segredos, o seu ser o "último a saber" do seu impacto. Vocês devem estar dispostos a ver como a sua energia está atuando. Tornar-se desperto a isto os ajuda a serem responsáveis pelo seu próprio avanço. Quando fazem isto, vocês compreendem que ninguém pode mantê-los no limbo, exceto vocês.

O aspecto sábio de vocês compreende o que está acontecendo, e aceita plenamente isto. Ele tem um insight eterno, além de um conhecimento do passado e dos ciclos futuros. Esta parte sua está consciente do seu envolvimento nas grandes mudanças anteriores em seu planeta, e sabe o que vocês precisarão fazer de modo diferente desta vez, a fim de se lançarem em uma existência cheia de luz.

Esta sua parte sábia, possuindo um conhecimento sutil quanto à finalidade de sua encarnação, está agora aumentando o volume dos chamados de despertar. É o momento para que vocês se lembrem.

Esta lembrança e compreensão do eu, obviamente não acontecem de um dia para o outro, mas é um processo que se revela com o decorrer do tempo.

A lembrança que vocês buscam ter é intensificada quando vocês podem se lembrar de observar a sua vida como se ela fosse um espelho.

O espelho é simbólico, entretanto está próximo a vocês. Vocês vêem o espelho quando se tornam um observador consciente de sua vida, observando-se.

O Que Vocês Observam?

Vocês observam a sua mente. Vocês descobrem o padrão dos seus pensamentos quando respondem aos eventos da vida e decidem o que estas coisas significam. Vocês percebem como os seus pensamentos são influenciados por outras pessoas e pelas circunstâncias do mundo exterior.

Vocês prestam atenção as suas emoções, aprendendo a compreender como as respostas a estes sentimentos provocam pensamentos que conduzem à sabotagem e ao sofrimento.

Vocês percebem o que fazer com o seu corpo, como cuidar dele, e as mensagens sutis que ele lhes dá quando vocês estão fora do equilíbrio.

Vocês entram em contato com o seu modo habitual de ser com vocês mesmos. Vocês descobrem como estar com vocês em todos os tipos de situações, notando como vocês respondem quando se sentem sozinhos, abandonados, criticados e esquecidos.

Vocês aprendem o que lhes traz alegria, como esta alegria lhes parece, e como vocês acessam este estado natural de alegria na maior parte do tempo.

Quando vêem coisas disfuncionais sobre si mesmos que não viam antes, vocês têm uma oportunidade de curá-las.

Neste processo, vocês entrarão em contato com a sua própria batalha de idéias. Um exemplo é como vocês podem amar e odiar alguém ao mesmo tempo. Outro é como vocês podem pensar que a sua solução para algo é o único remédio, recusando-se a permitir que outra pessoa tenha a sua percepção.

Este é o tipo de guerra interior que todos os humanos têm. Vocês aprenderão a apreciar com que os outros se esforçam, enquanto aprendem sobre os seus próprios esforços.

A Descoberta Que os Liberta

Quando vocês observarem estas batalhas de idéias, vocês descobrirão a ligação e as similaridades de todas em seu planeta. Vocês descobrirão sem dúvida a unidade e o amor que esteve sempre lá.

Esta descoberta ultrapassará as palavras, os conceitos, e o pensamento da nova era que simplesmente lhes diz que isto é assim. Será algo que vocês sentirão em seu coração, e uma verdade que vocês sabem e sentem com todo o seu ser. Quando isto acontecer, vocês se libertarão.

Enquanto vocês continuam a jornada da redescoberta de sua natureza Divina, nós os envolvemos com o nosso amor e bênçãos.

Nós somos O Conselho dos 12.



Tradução: Regina Drumond - reginamadrumond@yahoo.com.br
Direitos Autorais 2008 por Selácia. Canalizado pelo Conselho dos 12 * Todos os Direitos Reservados* www.Selacia.com

 

Gostou! Indique para seus Amigos.



|Topo da Página| - |Voltar Menu Selacia| - |Voltar Home|