EXPANDIR A PERSONALIDADE PARA A DIVINDADE
Mensagem da Deusa da Criação canalizada por Shelly Dressel,
21 de agosto de 2011
 

As energias nesta canalização são particularmente fortes! O mês de agosto tem sido infundido com energias extra das erupções Solares e expandido a energia cristalina. Como resultado disto, a energia com que trabalhámos esta noite foi ainda mais forte.

Neste processo, a Deusa falou sobre como a perceção da nossa divindade está limitada pelo que podemos assimilar. Por outras palavras, podemos saber que a nossa divindade é imensa, mas a nossa perceção é criada através da limitação da personalidade ou do ego. Com o objetivo de um maior entendimento, nesta canalização a Deusa falou de ego e/ou personalidade com a intenção de se referir a quem vocês são enquanto um eu humano, neste tempo de vida.

Enquanto estivemos a trabalhar a nossa perceção, Ela levou-nos a ver quanto das nossas perceções sobre nós próprios são baseadas noutras crenças. Além disso, que limitações colocámos em cima de nós? Ao perceberem o que está dentro de vocês, podem alterá-lo de uma forma que os abra para uma maior consciência.

A personalidade é criada através das nossas experiências nesta vida. Nunca é tudo bom ou tudo mau, mas uma mistura de tudo isso. Ela também só entende o que é experienciado. Portanto, à medida que infundem a vossa divindade ou algo que é mais do que o que ela conhece, ela não o vê. Assim, o processo desta canalização é tornarmo-nos cientes disto na nossa própria vida. A partir de lá, podem expandir a vossa perceção diária de forma a abrir-se ainda mais.

À medida que a vossa perceção se expande, a vossa personalidade tornar-se-á muitas vezes mais relaxada e permissiva. Isto por sua vez cria uma vida mais fácil para vocês. Todos estão a procurar manifestar o que querem, então integrem a vossa divindade e a personalidade e vejam como a vossa vida se abre!!

Shelly


 

Namasika; veniabenya Eu Sou o um, Eu Sou o todo

Eu os saúdo, amada família. Chego a cada um de vocês enviando o meu amor, a minha consciência, a minha compaixão por tudo o que está a acontecer nas vossas vidas e tudo o que possam estar a experienciar neste momento. Este é um tempo de profundas transições na Terra. Tem havido diversas coisas diferentes a ocorrer no universo através da vossa astrologia ou que pode ser seguido através da astrologia.

Tem havido as erupções solares que geram impulsos intensos de energia para a Terra e tem havido uma mudança na consciência coletiva que responde a tudo isto. Algumas pessoas acham que há uma facilidade e suavidade maiores nas suas vidas. Outras vezes pode ser como se as coisas estivessem lá diante de vocês, por assim dizer, como se já não pudessem ignorar essas coisas em que têm pensado, como se pudessem perguntar quando é que a mudança ia acontecer para vocês; é muito provavelmente aqui e agora.

Eu sugeri que prestassem atenção às datas, de 15 até 18, durante a última vez que nos reunimos. Eu sabia que ia ser um tempo de particular intensidade e é a isso que Eu me refiro, agora, em parte. Foi como se no início do dia 15 houvesse uma passagem que criasse transições para muitas pessoas na Terra. Algumas destas foram oportunidades para as pessoas transitarem da Terra para uma realidade diferente. Algumas destas transições permitiram aspetos mais elevados das pessoas entrassem dentro de si. Esta porta também permitiu que muitas pessoas aproveitassem a oportunidade e se deslocassem para uma vibração mais cristalina.

Enquanto pensam sobre a semana passada, foi como tantas outras ou houve certas coisas que surgiam na vossa consciência? Embora talvez não tivessem percebido na altura que havia um quadro maior ou que algo mais se passava. (respiração profunda) Assim, aproveitem este momento e sintam a vossa energia à medida que ela flui dentro e à vossa volta. Deixem-se deslocar nesse fluxo de consciência que os levará para um lugar superior de consciência.

Peço-lhes que aproveitem esta oportunidade e se desloquem para as energias da grade magnética. Consoante se sentem a deslocar para este espaço, podem sentir como se se estivessem a alinhar com o vosso eu Superior, podem estar mais conscientes de quem são. Permitam-se sentir este fluxo, esta consciência. Sintam as energias enquanto se deslocam uma vez mais; desta vez para o trabalho da grade cristalina.

Enquanto sentem as vossas energias a fluírem dentro deste espaço, sintam o que é terem deixado ir a atração magnética da Terra. Sintam essas partes da vossa consciência que se ativam ou que se expandem para algo mais. Deixem-se flutuar dentro deste espaço, sintam as energias à medida que elas se deslocam através de vocês.

Convido-os agora a deslocarem-se de novo, desta vez para o espaço do plano da alma. Enquanto aqui chegam, abram-se para se tornarem cientes da vossa divindade. Podem ter a sensação de verem o que parece como uma imagem vossa a andar na vossa direção, podem sentir como se ela subisse dentro de vocês ou uma sensação de se fundiremcom energia pura, sem uma forma particular. Inspirem e expirem, sintam todas estas energias enquanto se deslocam através de vocês.

Eu movo-me dentro deste espaço. Chego a cada um de vocês. Conforme o faço, sintam as minhas energias enquanto me fundo convosco. À medida que as nossas energias se misturam, podem encontrar-se a deslocar movendo as vossas energias para Tudo O Que É. Para muitos de vocês, enquanto aqui chegam é como se a vossa energia levantasse voo, como se se movessem em todas as direções, sentindo-se completos, sentindo-se à vontade, como se não tivessem preocupações no mundo e pudessem simplesmente brincar.

Tudo o Que É, é um lugar de criação e, quando vocês criam, Eu convido-os a fazerem-no a partir de uma energia ou de um espaço de diversão, de alegria e de facilidade. Mesmo que escolham que este seja o vosso foco e intenção, muitas vezes as vossas criações na Terra começam a representar desafios, dificuldades, stress, carência e, mais ainda, como se as criações em vez de os ajudar ficassem no vosso caminho.

Eu estou a reunir as energias de todos aqui porque estou a ponderar nas várias direções diferentes para ir esta tarde. Gostaria de começar por convidar cada um de vocês a aproveitar esta oportunidade e a respirar profundamente. Enquanto respiram, liguem-se com quem são na essência da vossa divindade. Conforme se abrem para perceber o que é a vossa divindade, isso é filtrado através da consciência de quem vocês são nesta vida. Quanto maior alinhamento com quem verdadeiramente são, maior a expansão da perceção. Quando estão no espaço da divindade é um espaço de completo amor e aceitação.

A perceção das pessoas sobre Deus pode, às vezes, ser enviesada a partir de uma perspetiva de julgamento. Há milhares de anos de ensinamentos que tratam da questão de quem é Deus mas, quando voltam e vêm para dentro deste espaço da vossa divindade, alinham-se com quem verdadeiramente são em cada vida, com quem são verdadeiramente na vida atual e com quem são enquanto Deus. Convido-os a refletirem na vossa vida. Existem restrições? Isto faz-me rir um pouco porque vejo pessoas a desenrolarem lista e listas de restrições nas suas vidas. Quantas dessas restrições se devem a algo fora de vocês? Com isto, quero dizer, os vossos amigos, os vossos amados, a sociedade, a religião, a cultura? Podia continuar. Assim, enquanto refletem na vossa vida e nestas restrições, peço-lhes que simplesmente numa assentada libertem tudo isso.

Agora, vejo alguns de vocês a agarrá-las e segurá-las com força, não querem deixá-las ir e está bem, mas se tiverem uma oportunidade de experienciarem a vossa criação, a vossa perceção, experienciarem quem são sem restrições ou sem diretrizes de ninguém, a minha sensação é que irão ver-se de uma maneira diferente. Então, ainda que apenas por este momento, deixem ir essas restrições e vejam quem são. Em cada um de vocês eu vejo uma expansão a ocorrer. A próxima camada, há algumas restrições na vossa vida que os faça pensar, “Eu não possofazer isto porque…”, podem preencher os espaços em branco?

Quando estão aqui no espaço de Tudo O Que É não têm restrições. São como energia pura e como uma energia que está aberta e a aceitar o vosso todo. A vossa pura essência está aqui agora. A vossa divindade está aqui agora. Vejam a vossa vida a partir desta nova perspetiva. Quando pensam que essas coisas que ou os têm aborrecido ou que têm buscado manifestar na vida diária estão aqui, o que lhes parece? Estou a ver que, para alguns, é completamente diferente do que esperavam. Vejo outros a abrirem-se para novas oportunidades.

Quando tiram um momento para perceber quem são, o que está a acontecer na vossa vida, fazem-no a partir de um equilíbrio da vossa personalidade e da vossa personalidade de todos os dias. Quando as coisas parecem muito pesadas para vocês, quando parece que cada dia é uma luta diária, muito provavelmente é porque as coisas não se estão a encaixar no lugar e não se desenrolam da forma que gostariam. Pensem no controlo, estão a controlar a vossa vida? Ouço uns a dizer “bem, eu tenho que controlar a minha vida, caso contrário ela seria um caos.” Ouço outros dizerem, “Estou simplesmente a ser proactivo na minha vida.”

Ambas fazem parte da experiência humana e podem ser muito úteis na criação de uma sensação de bem-estar, de organização ou talvez mesmo algo mais que seja real para vocês. Mas,quando ser proactivo ou controlar as energias começa a meter-se no vosso caminhos em vez de os ajudar, peço-lhes que isso seja um sinal para deixarem ir. Podem nem sempre saber o que precisa de ser libertado, então deixem ir o controlo. Inspirem profundamente permitindo que a vossa consciência se concentre no vosso corpo físico e depois o traga para o espaço de Tudo O Que É e expirem, deixando ir o controlo. Isto dá quase sempre uma sensação de liberdade. Entremnesse plano de energia e sintam a liberdade de deixar ir.

Enquanto voltam e olham de novo para a vossa vida, para o que procuram ter ou como procuram viver a vossa vida, qual é a perceção? Estou a sentir que é como se alguns estivessem a olhar através de binóculos, por assim dizer; como se pudessem ver a vossa vida, ter uma sensação dela, mas de uma forma muito centrada. Peço-lhes que libertem conscientemente tudo o que seja pobre de espírito, tudo o que estreite a vossa perceção e permitam-se avançar para uma perceção mais expandida. 

Vou alterar as mudanças um pouco e pedir-lhes que terem a sensação de se alinharem com o ego, se o quiserem chamar assim, ou a personalidade. À medida que vão para fora para criar este alinhamento, sintam-se simplesmente estando nesse espaço da vossa personalidade. Quando escolhem viver uma vida na Terra, há sempre uma parte vossa que está aterrada na Terra. Há essa parte vossa que parece que é como se fosse a ligação aos outros seres humanos. Essa parte que interpreta a vossa experiência e pensa mesmo que interpreta a vossa divindade. Desde que estejam a viver na Terra, esta parte é essencial para a vossa vida.

Nós falámos noutra experiência sobre a personalidade ou o ego e a vossa divindade e a relação entre os dois. Convido-os a regressarem para o experienciarem mais uma vez. Aqui em Tudo O Que É, vocês têm a oportunidade de uma perceção mais objetiva da personalidade e do ego, ou devo dizer da vossa personalidade e todo o vosso ego dependendo da perceção de alguém.

Aproveitámos agora a oportunidade para explorar as vossas perceções da realidade na Terra e como estão a viver a vossa vida e, na libertação dessas várias energias,isso permitiu-lhes verem a vossa vida ou as experiências mais a partir de um lugar da vossa divindade. Enquanto procuram incorporar mais completamente estas mudanças é essencial que continuem a criar o equilíbrio com a realidade do vosso dia-a-dia e a vossa divindade.

Assim, muitas vezes as pessoas procuram viver uma vida mais espiritual que se centre apenas nisso, na sua divindade; e Eu sou a favor disso e todas estas canalizações são sobre isso. Mas também respeito completamente, amo e honro cada um de vocês pela experiência humana, pela vossa personalidade. Portanto, enquanto procuram esta expansão dentro da vossa vida, procurem também fazê-lo através de uma fusão com a vossa personalidade e a com a divindade. Sei que disse isto no passado, mas outra perceção da vossa personalidade é que o seu foco está no que quer que seja que a vossa experiência tenha sido.

Se houve trauma, enquanto personalidade aprenderam a ser cuidadosos em determinadas situações. Se foram ensinados a ter medo, de uma forma ou de outra, então olham para o mundo através dos olhos do medo. Agora, a maioria das pessoas não tem apenas uma ou outra destas emoções ou energias. A acumulação da vossa vida é de uma ampla variedade. Algumas vezes elas são alegres, outras vezes de realização, por vezes há apenas esse medo incómodo subjacente a tudo e por vezes há uma luta constante que, simplesmente, não desaparece. Todas estas experiências de vida que criaram quem são neste momento. Então, Eu convido-os mais uma vez a honrarem quem são e o que os trouxe para este espaço.

À medida que olham para o que estivemos a falar ao início, para as coisas que têm na vossa vida, a maneira como procuram viver a vida, tirem um momento para remover as constrições ou restrições ou estreiteza de perceção. Isso permitiu que se abrissem para uma maior perceção que vem através da vossa divindade. E agora neste momento, aqui, uma vez mais, estão a alinhar-se com quem são enquanto o vosso eu humano e trouxeram este foco para este momento do agora, então aceitem a vossa divindade conscientemente.

A vossa vida é uma experiência co-criativa entre o humano e a essência divina. Não se trata de separação dos dois, mas de uma fusão dos dois. A vossa vida, enquanto continuam a procurar manifestar uma forma de vida que permita uma maior facilidade, uma maior consciência, maior abundância, o que quer que seja que possam procurar. A ajuda de mudarem a personalidade ou a realidade diária para a vossa divindade é a forma através da qual podem manifestar esta expansão. Fizemos isto de outras maneiras, usando talvez algumas palavras diferentes e algumas palavras semelhantes, mas a ação tem a ver com trabalhar de novo com a realidade do vosso dia-a-dia para criar uma mistura mais profunda ou um alinhamento mais profundo para que tenham essa facilidade na vossa vida.

Abram-se para o amor-próprio, sintam o banho da vossa divindade conforme ele flui através de vocês movimentando-se para cada célula do vosso corpo, abram-se para escolher uma vida que se desenrole com facilidade. Enquanto o fazem, descobrem que isso significa estarem mais cientes das pequenas coisas que acontecem na vossa vida que formam a grande coisa. Abram-se para gerar uma relação convosco que permita que vejam, saibam e acreditem em quem são plenamente. Abram-se para o que seja que gostariam de ter.

Sinto que podemos continuar a deslocar-nos nesta jornada e a explorar todos os muitos aspetos que compõem a vossa vida tal, como é agora. Sinto que, à medida que cada um aproveita a oportunidade de o fazer, isso permitirá mudarem a perceção. Assim, vamos olhar primeiro e antes de tudo para as relações. Que relações têm na vossa vida? Novamente, vejo esses pergaminhos a desenrolar-se visto que as pessoas têm longas listas das muitas relações. Então, enquanto vivem a vossa vida na Terra, estão em contacto com outras pessoas e têm relações que variam das mais íntimas aos alinhamentos mais casuais com as pessoas que encontram na vossa vida.

Reflitam nos relacionamentos à vossa volta. Há alguns com que estão a lutar, que sintam que não estão a acontecer, que sintam que simplesmente têm que fazer funcionar? Deixem ir essa energia. Não estou a dizer para deixarem ir o relacionamento, mas paradeixarem ir a energia de tentar forçar alguma coisa a funcionar. Enquanto o fazem, ocorre imediatamente um relaxamento.

Considerem o vosso trabalho. O trabalho que fazem é o trabalho do vosso coração ou é o trabalho onde aparecem, onde colocam o vosso tempo e depois vão para casa? Alguns de vocês consideram simplesmente viver como trabalho? Tragam essas energias da resistência, da fadiga, talvez da frustração e mesmo da irritação em relação ao trabalho, tragam-nas todas e agora libertem-nas. Enquanto estão aqui neste espaço e a vossa perceção é como que a mistura da vossa divindade e da vossa realidade terrena, deixem ir tudo para poderem criar uma nova sintonia e uma nova perceção com o que estão a fazer.

Considerem o corpo físico. Funciona para vocês? É flexível, ágil, saudável, forte, sem dores e sem doenças? Os vossos corpos físicos são verdadeiramente maravilhosos. Eles têm evoluído de muitas formas ao longo dos milhares de anos que os puseram na Terra até que eles criaram quem vocês são agora. Enquanto consideram o corpo físico, deixem-se ligar tudo o que não seja sentirem-se bem, saudáveis, flexíveis, o que seja e, enquanto se ligam com isso neste momento, sinto-me atraída a perguntar-lhes, qual é a energia por trás disso? Existe uma razão para terem manifestado o que isto possa ser? Olhem para essa razão, reconheçam-na e aceitem-na e depois deixem-na ir; e enquanto a deixam ir, deixem ir todos esses sintomas que todos têm.

Por vezes, especialmente ao longo dos últimos seis meses a talvez um ano ou dois, sentem esta desarmonia no vosso corpo físico porque ele está a mudar para uma vibração em alinhamento com o cristal. Se estiverem a resistir a isso, podem desenvolver aflições e dores, uma doença, um ganho de peso e mesmo uma perda de peso; mas o ponto de partida é que o corpo se sente mal. (Respiração profunda). Então abram-se, sintam o vosso corpo físico como se estivesse completamente em equilíbrio com a vossa divindade e a vossa realidade diária. Não se sentem muito melhor?

Estas são, simplesmente, três zonas de que desejava falar-lhes. Cada um de vocês pode ter outras coisas que gostariam de considerar nesta altura. Então, deixem-se ir para dentro, tragam o que quer que isso possa ser e, se o escutarem uma e outra vez, deixem que seja diferente de cada vez. Considerem o que quer que esteja fora de sintonia com esta energia da vossa personalidade como fundida com a vossa divindade. Deixem o que quer que seja aparecer na vossa consciência, liguem-se com isso, abram-se para receber se houver alguma mensagem particular e, depois, exalem e deixem ir.

Enquanto estão aqui no espaço de Tudo O Que É, a essência da vossa personalidade ou do ego está a mudar e a expandir-se na sua consciência e na sua abertura para assim permitir que esta maior quantidade da vossa divindade se integre na vossa vida. Podem sentir a diferença. Podem ver a expansão nos vossos sentidos, abram-se e permitam que isto seja da forma que possa ser.

Agora, Eu peço-lhes para sentirem deslocar-se para fora de Tudo o Que É. À medida que o fazem, voltem para o plano da alma. Olhem para quem são a partir desta perceção. Cada um de vocês tem um sentido muito maior de quão imensa é a vossa divindade e está ainda sempre disponível em qualquer momento. Permitam que esta consciência expandida se desloque, mais uma vez para as energias da grade cristalina.

À medida que entram neste espaço ouço alguns de vocês a dizer, “espere, espere, não fizemos o holograma”. Assim, vamos experimentar algo diferente. Aqui na grade cristalina tenham a sensação de trazerem à tona tudo o que aconteceu nesta jornada. Deixem que a vossa consciência flua para o exterior e podem perceber a grade como se ela fluísse em todas as direções, como se tivesse múltiplas dimensões e essências de consciência.

Desta forma, enviem essa consciência da vossa jornada e da vossa experiência de modo a que ela suba e desça por toda a grade. Conforme ela se desloca através dos entrelaçamentos da grade, desce para a energia magnética da Terra e, de forma consciente, enviem tudo isso para o centro da Terra. Esses cristais imensos que compõem o centro da Terra recebem esta ligação direta com a grade cristalina e, depois,isso move-se através da Terra subindo pela relva, pelas árvores, pela água e deixem que tudo isso entre na vossa realidade física.

Convido-os a abrirem-se e a sentirem o banho de energia. Sintam essa mudança a acontecer na vossa realidade diária. Convido-os a abrirem-se a aceitarem uma nova perceção, não apenas de quem são mas de tudo o que está a acontecer na vossa vida. Essa corrente de energia está diretamente ligada a vocês enquanto estão aqui na grade cristalina e enquanto estão na vossa realidade diária. Assim, libertem essas energias que vão para o Universo e permitam-se recuar mais plenamente. Sintam-se como se entrassem dentro da energia magnética da rede de trabalho. Podem sentir-se como se estivessem dentro do vosso Eu Superior. Permitam-se sentir estas energias enquanto elas continuam a fluir para baixo para a vossa vida diária.

Certo, amada família; obrigada como sempre por aproveitarem o tempo e virem partilhar este tempo comigo, por colocarem as vossas questões, por nos darem a oportunidade não somente de trabalhar convosco para os ajudar a mudarem da forma que possa ser necessária em cada dado momento. Saibam que,se as vossas questões não foram recebidas, Eu estou ainda convosco, a trabalhar convosco energeticamente e peço a cada um que se abra para receber.

Muito bem, à medida que percorrerem as próximas semanas na Terra, peço que estejam mais conscientes de expandirem quem são na vossa realidade diária ou nessa parte vossa que é a personalidade ou o ego. Convido-os a serem conscientes, a encorajarem para que haja ainda uma maior expansão do que atualmente e depois convidarem a vossa divindade a entrar e ser uma parte de quem vocês são. Convidem a um equilíbrio entre o vosso eu humano e o vosso eu espiritual, convidem o equilíbrio a refletir-se em tudo o que fazem na vida quotidiana.

Saibam que Eu estou sempre convosco.

Ansaluia


----.....---==II==----.....----

Shelly Dressel a canalizar a Deusa da Criação. Todos os direitos reservados. Convidamo-lo a partilhar esta informação, mas pedimos que não retire nenhum excerto do corpo do texto e que respeite os direitos autorais desta mensagem. Para mais informações, por favor visite o nosso sítio na Web: www.goddesslight.net

Fonte:http://spiritlibrary.com/goddess-light/goddess-channelings/in-the-flow-of-lightbody-energy 

Tradução: Ana Belo – anatbelo@hotmail.com

 

Gostou! Indique para seus Amigos.

|Topo da Página|    |Voltar Menu Deusa da Criação|   |Voltar Home|