UM ANO NOVO; UM VÓS MAIS HARMONIZADO
Mensagem da Deusa da Criação canalizada por Shelly Dressel,
02 de janeiro de 2011

 

O ano passado foi um ano particularmente intenso. As pessoas sentiram isto de maneiras diferentes, mas muitos sentiram-no como a vida cheia de instabilidade. Parte da razão foi o influxo da energia cristalina muito intensa e as energias vibratórias superiores. À medida que 2011 se for desenrolando, a energia a chegar estará a ancorar no que está realmente aqui; desse modo, não irá parecer uma energia tão diferente.

No início, a Deusa falou sobre as energias e do que Ela vê a acontecer com toda a consciência colectiva da Terra. A partir daí, enquanto nós vivenciávamos a viagem, teve muito mais a ver com encontrarmos um maior alinhamento interior. Ela falou sobre muitas pessoas se perguntarem porque não manifestavam o que procuravam ter. Tendo isso em conta, Ela ajudou-as alterarem isso através da mudança do que já não funcionava connosco.

Primeiro que tudo, Ela olhou para a abundância. Ajudou a alterar qualquer sentido de falta ou constrição. A abundância vem de muitas formas diferentes, então, à medida que nós trabalhávamos tudo isso, Ela sugeriu que as pessoas criassem um perfume, uma imagem, um sentimento ou algo que representasse a abundância. Depois, enquanto vivem os seus dias podem fazer surgir essa “imagem” e ela imediatamente os levará de volta para esse momento.

De seguida todos olharam as suas relações. Este momento foi particularmente intenso porque Ela mostrou como todas as relações começam connosco mesmos. Assim, esta parte teve muito a ver com a criação de um alinhamento maior com a divindade. Uma vez isto concluído, conforme cada um olhava para as relações que procurava manifestar, chegaram vibrações muito distintas.

Por último, Ela levou as pessoas a olharem para os seus corpos físicos. Deste modo, Ela afirmou que tudo o que esteja a acontecer no corpo físico pode ser alterado ou mudado. Ela falou da cura de doenças, de mudanças de peso, de aceitar o físico por aquilo que é; a parte essencial do ser humano! É como se a estrutura celular de todos tivesse mudado com este alinhamento.

Com tudo isto, a atenção esteve verdadeiramente no avançarmos e criarmos o que nós QUEREMOS, em vez de criarmos o que não queremos. Esteve repleto de energia e transformação.

Shelly


Nama sika: venia benya  Eu SOU Um; Eu SOU o Todo

Eu vos saúdo, minha amada família. Chego a cada um de vós em alegria e celebração enquanto estais a iniciar este Ano Novo aqui na Terra.

Então, muitos de vós começastes por sentir como se um ano se misturasse com o próximo. Talvez tenhais sentido que alguns anos são mais turbulentos do que outros mas, de cada vez que o calendário gira sobre vós e vós girais à volta dele, existe sempre um potencial novo ou uma nova oportunidade aqui e disponível para vós.

Em qualquer dia das vossas vidas tendes sempre estas oportunidades; podeis sempre criar mudança. Podeis sempre trazer o que quer que possais buscar ter.

Mas, quando tendes a consciência colectiva do mundo inteiro a centrar-se num dia novo, num ano novo, numa oportunidade nova, isso cria uma onda de energia que é ainda mais poderosa do que qualquer outra altura em que vos possais ligar e buscar mudar a vossa vida.

Assim, convido-vos neste momento, enquanto aqui estais ainda ancorados no plano da Terra a alcançardes esse fluxo de potencial; alcançai essa energia e reuni-a em vós, trazei-a de volta para vós como se estivésseis a desenhá-la à vossa volta.

E Eu fluo ainda mais dela através de cada um de vós para que ela possa amplificar o que quer que estais a buscar.

Há algumas mudanças que estão a chegar ao mundo este ano; algumas são baseadas no que aconteceu no ano passado com o influxo de energia, com a abertura dos portais das estrelas, com o aumento da quantidade de energia cristalina ou dos corpos de luz que estão a chegar à Terra.

Tudo isto está ainda mais disponível para vós à medida que procurais manifestar ou criar a vossa intenção para este ano. Se houver uma sensação forte de luta do ano passado, de um sentimento de transição que foi, por vezes, esmagador para vós.

Vamos fazer surgir tudo isso, o que quer que possa ser, e aproveitai-o como uma oportunidade de o reconhecerdes. Foi uma parte da vossa vida, mas inspirai-o e expirai-o e deixai-o ir.

Ufa, Eu vejo como que uma onda a libertar-se deste grupo todo e a fluir para longe de todos. Deste modo, começaremos esta jornada esta tarde com

 uma tábua rasa, como se fosse a partir do zero.

Eu convido-vos a respirardes todo o caminho através do coração para o vosso abdómen. E enviai essa respiração para a Terra a fim de vos poderdes sentir a ancorar, para que possais sentir as energias da Terra fluindo para dentro de vós.

Enquanto o fazeis, podeis deixar a vossa consciência libertar-se. Como se estivésseis a abrir as portas do centro da cabeça ou do centro do coração ou de qualquer parte de vós; abri-vos e permiti que a vossa consciência e a vossa atenção se movam para a grelha magnética.

Conforme vos moveis dentro deste espaço, senti o que é sintonizar-vos com o vosso Eu Superior. À medida que permitis que isto ocorra, senti como a consciência se expande e vós assimilais tudo o que aqui está.

Conforme estais prontos para o fazer, senti-vos deixar a vossa atenção mudar ainda mais. Deslocai-vos através dos espaçamentos e avançais para a rede cristalina. Conforme deixais ir a atracção magnética da Terra, podeis sentir verdadeiramente esta vibração cristalina. Senti as energias, à medida que elas se movimentam dentro e ao redor da vossa consciência.

Permiti-vos sentir o que este espaço representa para vós. Esta grelha cristalina sofreu uma imensa transformação no ano passado. Conforme permitis que a vossa consciência se funda com este espaço, senti a diferença para vós. Senti como há verdadeiramente um mecanismo de suporte para vós aqui.

A vibração desloca-se através da vossa consciência de tal maneira que cria uma energia de alinhamento e de transformação. Eu convido-vos a libertar essa essência e a terdes a sensação de vos deslocardes para o plano da alma. À medida que encontrais essas energias a movimentarem-se neste espaço, olhai à volta para a vossa Presença Eu Sou.

Podeis senti-la a chegar de dentro da vossa consciência. Podeis ter a sensação de caminhardes uma para a outra até a alcançardes e abraçardes a vossa divindade. À medida que alcançais este alinhamento, senti como a vossa consciência se expande ainda mais. Permiti-vos sentir o imenso fluxo da vossa divindade.

Enquanto o sentis deslocar-se dentro de vós, permiti-vos soltar qualquer tensão ou stress que possais ter. Permiti-vos sentir verdadeiramente o apoio deste espaço. Sois vós; isto é a vossa divindade. E o amor a fluir através e em vós é imenso.

Eu, a Deusa, chego agora a este espaço. Alcanço cada um de vós e abraço quem sois, como consciência e como divindade. À medida que as minhas energias se fundem com as vossas, senti-vos deslocar para o espaço de Tudo O Que É.

Enquanto vindes para este espaço, deixai que as vossas energias fluam livres; deixai-vos expandir tanto quanto gostaríeis. Existe tanto amor, existe uma tal presença consciente aqui dentro deste espaço para vós.

Conforme permitis que a vossa atenção entre, nós vamos aproveitar esta oportunidade para olhar para este ano que está a chegar para vós. Enquanto o fazeis, assimilai todo o conhecimento e toda a percepção de onde estais agora neste momento.

Enquanto permitis que isto flua na vossa consciência, perguntai-vos se estais a olhar a partir da perspectiva da vossa divindade ou da perspectiva da vossa consciência humana?

Ah hah. Alguns de vós foi como se não houvésseis percebido que ainda vos estais a manter a partir deste espaço da vossa humanidade. Assim, inspirai profundamente. Enquanto inspirais, permiti que a vossa consciência flua e se expanda ainda mais dentro deste espaço. Agora, podeis sentir verdadeiramente quem sois como divindade.

Este ano nós vamos trabalhar mais na integração da vossa divindade. E uma das formas terá a ver com a permissão de que a mudança e as potencialidades se tornem uma parte da vossa vida. Agora, Eu sei que, se Eu fosse perguntar a cada um de vós, iríeis permiti-las na vossa vida? A resposta é “sim”.

Então, onde está a diferença de responderem conscientemente “sim” a uma questão e, de seguida, emanardes vibratoriamente algo diferente? Vamos aproveitar este momento e trabalhar em algumas áreas que chegam à Minha consciência.

Enquanto respirais, Eu convido-vos a colocar-vos a questão “Eu estou no fluxo da abundância?” Abundância em todos os sentidos: financeira, abundância de amizades, abundância de boa alimentação, um lugar para viver, o que possa ser.

“Conforme olho à volta para a minha vida, estou num local de abundância?” E Eu escuto que para alguns de vós a resposta é não e para outros é sim. Em qualquer destas questões, se sentis que a resposta é sim e vos sentis a vós mesmos expandidos, deixai que a vossa consciência se mova para uma mudança de conhecimento e ficai nesse fluxo de permissão.

Se a vossa resposta para essa questão foi não, aproveitai então a oportunidade para permitirdes que a limitação venha à tona na vossa consciência. Quanto dos vossos dias são centrados na carência? Quanto dos vossos dias são centrados apenas no que mal chega? Se isto ressoa convosco e parece que é como se fosse a vossa existência, então Eu peço-vos para sentirdes o fluxo da Minha energia, para sentirdes a fluxo da Minha consciência.

Deixai que ele gire através de todos estes lugares para que possam ser limpos, e eu peço-vos que respireis e deixeis ir. Virai-vos e deixai-vos preencher com a abundância da luz, com a abundância da energia e do fluxo que está aqui dentro de Tudo O Que É.

Quando considerais como estais a procurar manifestar maior abundância na vossa vida, está certo permitirdes que esse foco surja talvez aqui neste momento enquanto estamos a conversar acerca dele mas, de seguida, deixai ir essas especificidades. A vossa divindade sabe exactamente aquilo de que gostaríeis.

Portanto, Eu vos convido a criardes uma vibração ou uma ferramenta, seja o que for, para que não preciseis mais de passar por todo esse processo uma e outra vez.

Agora, à medida que buscais abundância na vossa vida, deixai que ela vos banhe talvez com a sensação de uma flor, talvez uma sensação de expansão, talvez de alinhamento.

Pode ser o que seja que procurais ter e sabei que, sempre que estais a procurar abundância na vossa vida fazeis surgir essa flor, essa essência ou o que quer que a abundância seja para vós. Eu vejo em cada um de vós uma ainda maior expansão a ocorrer enquanto permitis que este fluxo se torne a vossa realidade.

Vamos considerar as relações. Quantas pessoas estão à procura de relações nas suas vidas? Talvez um companheiro, talvez amizades, talvez filhos.

O que quer que seja, aproveitai esta oportunidade e considerai as relações que possais ter ou não. De novo, se sentis que estais já nesse fluxo de permissão, deixai que a vossa consciência se desloque para onde quer que vá.

Quando Eu trago a questão das relações, se tendes a sensação de falta ou de que é aqui que gostaríeis de colocar a vossa ênfase, uni-vos e permiti-vos abrir verdadeiramente para este fluxo.

À medida que respirais para dentro de vós, permiti que a consciência vá para o espaço em que buscais o novo ou relações diferentes. Conforme isso flui através de vós, permiti-vos primeiro olhar para a relação que tendes convosco próprios.

Enquanto o olhais, sentis-vos desconectados? Sentis-vos como se o desaprovásseis? Se assim é, inspirai e expirai conscientemente e deixai que isso seja limpo de vós.

Eu fluo mais da Minha essência dentro e à vossa volta, convidando-vos para vos ajudar a expandir a vossa consciência ou conhecimento. Enquanto isto ocorre, olhai para dentro e permiti-vos sentir verdadeiramente a relação dentro de vós, para vós.

E isto flui através de vós. Deixai-vos sentir o amor e a consciência da vossa divindade. Vede como ela vos aceita como sois. Não precisais de mudar nada. Precisais apenas de respirar; precisais apenas de viver a vossa vida e a vossa divindade aceita-vos. Inspirai-o cada vez mais profundamente dentro de vós.

Assim, e conforme agora pensais sobre a vossa personalidade, o vosso ego, o vosso eu humano, conforme pensais sobre o que vos compõe como pessoa, há algo dentro de vós que impeça que isso aconteça? Existe uma crença? Existe uma emoção que vos impeça de permitir que essa relação se manifeste plenamente dentro de vós?

Inspirai e, enquanto expirais, deixai ir o que quer que isso seja. Enquanto isso estava a ser libertado nós pudemos sentir alguma resistência, ouvimos auto-ódio, ouvimos desapontamento, ouvimos “não suficientemente bom”. Se qualquer destas coisas ressoa dentro de vós na vossa relação convosco mesmos, então respirai na vossa divindade a partir daqui do espaço de Tudo O Que É.

Deixai que isso venha para dentro de vós, deixai-o circular à vossa volta, deixai que preencha quaisquer dos espaços que ressoam com esta vibração. À medida que o fazeis, deixai ir, soltai tudo o que vos impede de sentir alegria, se sentir amor, aceitação.

Consoante este alinhamento se reforça dentro de vós, sabei que haveis permitido que a relação com a vossa divindade entre, reforçando e aperfeiçoando tudo o que está dentro de vós.

À medida que sentis esse equilíbrio e esse alinhamento dentro de vós, podeis agora olhar para fora. Olhai para fora para as relações que gostaríeis de na vossa vida; uma vez mais, talvez um companheiro, amizade, uma relação de trabalho, filhos.

Agora, enquanto olhais para os potenciais que giram dentro e à vossa volta, podeis ver como a vossa própria vibração está muito mais em sintonia com o que procurais ter pois estais a abrir-vos para um muito maior potencial em todas as vossas relações.

Enquanto começais a olhar para estas relações, abri-vos. Assimilai o fluxo do alinhamento e da consciência para que possais permitir que isso esteja no primeiro plano da vossa atenção.

Já não é preciso mais olhardes para vós mesmos com qualquer tipo de falta. Precisais apenas de inspirar, de sentirdes a permissão de quem sois neste espaço equilibrado e, depois, à medida que chegais às relações, alcançais esse espaço de energia harmoniosa. Alcançais um alinhamento para o que buscais ter. Olhai à volta; abri-vos para o conhecimento dos muitos potenciais diferentes que estão aqui para vós.

Sinto a necessidade de vos convidar que considereis o vosso corpo físico. Talvez este não tenha sido totalmente apoiado por vós no passado ou mesmo agora neste momento. Talvez tenhais tido uma doença crónica; talvez uma coisa atrás da outra. Talvez o vosso peso não seja o que gostaríeis que fosse.

Aqui em Tudo O Que É, enquanto assimilais o vosso corpo físico, permiti que a vossa atenção se desloque a fim de que a vossa consciência possa encontrar o alinhamento onde estais neste momento. Ela centra-se no peso, talvez dores que possais ter, ela centra-se nos problemas que o vosso corpo físico está a prender?

Nós ouvimos um “sim” de muitas, muitas pessoas. Se isto não ressoa convosco, convidamo-lo a deixar que a vossa atenção se mova para esse espaço de permissão e apanhar essas ondas de energia e de luz.

Se existe uma razão pela qual o vosso corpo físico tem estado dessa maneira, deixai que isso surja na vossa consciência agora. Há alguma coisa de que preciseis na vossa vida? Há alguma mensagem para vós do vosso corpo? Está o vosso corpo a mostrar-vos uma forma de vos manterdes no fluxo da divindade?

Seja o que for, trazei-o à tona neste momento. E depois exalai-o, libertai-o. Aqui em Tudo O Que É a vossa perspectiva é tão diferente.

Enquanto assimilais qualquer que seja essa mensagem, deixai então ir a manifestação física. Tende a sensação de vos perceberdes na vossa realidade humana. Tende a sensação de aumentardes o fluxo de amor e o fluxo da divindade.

Deixai que ele se desloque através de cada célula do vosso corpo, de cada músculo, de cada órgão, de cada osso. Senti o que é estardes neste estado de ser. Inspirai e permiti que ele se mova através de cada partícula vossa.

À medida que o vosso corpo físico está em alinhamento mais profundo, ides achar que há grandes mudanças a ocorrer dentro de vós. Tendes o potencial de libertar tudo o que tem estado dentro do vosso corpo, seja uma doença física, seja algo que tem sido debilitante para vós, não importa o que possa ser, tendes o potencial de o transitar completamente para fora da vossa realidade física.

Respirai o equilíbrio e aceitação da vossa divindade. Lá vamos nós. Então, agora criai o sentimento de total alinhamento neste momento. Como se o estivésseis a carimbar na vossa memória, deixai que se movimente através das vossas crenças, das vossas emoções, do vosso físico.

Deixai que se desloque através de cada aspecto de quem sois, assim inspirai-o de modo consciente com a intenção de sentirdes o equilíbrio dentro de vós e, de seguida, expirai.

Vós criais alterações profundas na vossa vida através destes alinhamentos. Enquanto procurais criar mudança na vossa vida durante este ano, deixai que a vossa atenção fique no sentir-vos equilibrados, sentir-vos bem, sentirdes aceitação e aprovação.

Deixai isso emanar de vós para todos ao vosso redor e deixai que se desloque através do local em que viveis.

Como vos sentis neste momento? Tomai nota de quão longe o vosso campo energético se expandiu porque o vosso foco está completamente no            que é bom para vós e em criardes este alinhamento interior. Enquanto inspirais e expirais esta sensação de equilíbrio e esta sensação de consciência, vamos ter a sensação de ver o calendário anual na vossa frente.

De novo, sabei que a vossa divindade sabe o que procurais ter; deixai que ela, conscientemente, deslize através de cada mês do ano. Deixai que deslize criando alinhamentos que vão magnetizar e manifestar na vossa vida. Abri-vos para receber como isto está a ser criado.

Se procurais a resposta mais simples quando na vossa vida diária, olhai então para a vossa respiração consciente e para a vossa intenção consciente de encontrardes o que considerais que é bom para vós.

Tudo na vida se reflecte de volta para vós a partir da perspectiva de quem sois. Portanto, se estais constantemente à procura de algo, não importa quão pequeno ou grande o considerais bom para vós, então sentir-vos bem em cada vez maiores quantidades é o que manifestais.

Eu sinto aqui ondulações de alegria deslocarem-se através de vós. Sinto como vos expandis à medida que permitis que isto se mova através de vós. E, se existir algo mais de que não falei especificamente, deixai-o neste momento ir. Colocai a intenção que é isto que vós sois e isto é o que procurais permitir no alinhamento vibratório.

Enquanto vos encontrais a crescer desta maneira, ides também tornar-vos conscientes de como as vibrações ou as dimensões à vossa volta se vão tornar muito mais facilmente aparentes. Podeis descobrir a vossa atenção ou perspectiva a alterar-se conforme vos alinhais com um espaço mais expandido. Os potenciais são ilimitados. Convido-vos a abrir-vos e a permiti-los interiormente.

Reuni-vos novamente em grupo. Consoante olhais uns para os outros, tornai-vos conscientes de como estais a comunicar de uma forma diferente. Tudo isto é uma parte do que vos ajuda.

 Vede este holograma da Terra deslocar-se dentro deste grupo. Ele está já a expandir-se, mudando e emanando as energias de alinhamento com todos vós aqui.

Conforme infundis a vossa intenção e expansão para este holograma, ele aceita e equilibra tudo o que está aqui. Enquanto isto ocorre, o próprio holograma começa a girar. Enquanto isso, vai encontrando o seu próprio equilíbrio com toda esta energia infundida.

Consoante o deixais ir, desloca-se para a grelha cristalina e há um aspecto que se move em direcção a Ariellis e o resto dele desce, movendo-se para a grelha magnética e de lá para a Terra física.

Enquanto isto acontece, ele desce e ancora no centro da Terra. Existe um alinhamento com os cristais e com tudo o que está a ancorar esta energia. Quando está concluído, começa a emanar. Desloca-se através da própria Terra, sobe através da relva e das árvores.

Sobe para o vosso corpo físico. Integra-se dentro de vós, senti-a subir dentro de vós e senti-vos a aceitar o alinhamento e o equilíbrio que buscais.

À medida que continua a ancorar dentro de vós, tendes a sensação de o libertardes da vossa consciência e da vossa atenção se deslocar, uma vez mais, para Tudo O Que É.

Quando vos encontrais dentro deste espaço, podeis ter a sensação de vos deslocardes uma vez mais para o espaço do plano da alma. Vós vindes para o plano da alma regularmente. Criai o espaço ou essa sensação de familiaridade para que seja mais fácil estardes aqui e sintonizar-vos com a divindade.

Enquanto isso acontece, podeis ter o sentido de deixardes uma maior quantidade da vossa presença Eu Sou dentro de vós, mas permiti tanto quanto o que possais integrar para alterar dentro de vós.

Deslocais-vos através da rede cristalina. Permiti que as vossas energias fluam até vos ligardes com a grelha magnética. Conforme vos deixais fundir dentro deste espaço, senti como o alinhamento com o vosso Eu Superior muda conforme integrais a vossa transformação.

Enquanto estais prontos para o fazer, deixai que esta corrente de consciência volte para dentro do vosso corpo físico. Tudo o que subiu da Terra está agora a fundir-se e a alinhar-se com toda a vossa consciência expandida, à medida que voltais para baixo e criais o equilíbrio e a integração dentro de vós.

Senti o que é, neste momento, terdes essa energia harmoniosa de quem sois. Saberdes que o vosso corpo físico reflecte o equilíbrio e a consciência alargada, saberdes que a abundância dentro e à vossa volta está aqui; está presente, está a fluir.

E que essa relação começa sempre dentro do vosso eu e que tudo dentro de vós está ligado e alinhado. Inspirai e expirai expressando-vos não apenas para vós mesmos, mas para todos os que estão à vossa volta.

À medida que aplicais o que procurais manifestar ficai abertos para receber, para permitir que isso venha no mais elevado potencial disponível para vós.

Muito bem, querida família. Existe uma tão grande alegria que nós sentimos por vós!

2011: um ano de integrardes mais plenamente tudo o que vem acontecendo ao longo dos vários últimos anos. Sentimos que existe uma maior facilidade. Sentimos que existe muito mais da consciência colectiva que vai integrar esta vibração e, quanto mais a consciência colectiva o fizer, mais tudo isso aumenta; mais isso se desenvolve. 

Então, à medida que estais a viver a vossa vida, à medida que passais os vossos dias, fazei-o a partir daquele espaço de estardes completos e daquele espaço de equilíbrio. Havei-lo criado. Deste modo, inspirai-o e deixai que isso seja quem vós sois enquanto procurais viver a vossa vida.

Eu estou sempre com e dentro de vós.

Ansaluia

 

Shelly Dressel a canalizar a Deusa da Criação. Todos os direitos reservados. Convidamo-lo a partilhar esta informação, mas pedimos que não retire nenhum excerto do corpo do texto e que respeite os direitos autorais desta mensagem. Para mais informações, por favor visite o nosso sítio na Web: www.goddesslight.net

Fonte:http://spiritlibrary.com/goddess-light/goddess-channelings/in-the-flow-of-lightbody-energy 

Tradução: Ana Belo – anatbelo@hotmail.com

Gostou! Indique para seus Amigos.

|Topo da Página|    |Voltar Menu Deusa da Criação|   |Voltar Home|