SENTI O VOSSO MUNDO ATRAVÉS DA CRIAÇÃO DA ALEGRIA
Uma mensagem da Deusa da Criação canalizada por Shelly Dressel,
07 de fevereiro de 2011

 

Enquanto eu tentava fazer surgir um nome para esta canalização estava na verdade a lutar. O que eu queria chamá-la era de “Libertar o Auto-Julgamento e Abertura para a Energia do Corpo de Luz Enquanto Esta Vos Ajuda a Criar a Vossa Vida em Alegria”, mas era demasiado longo! Mas realmente aconteceu tudo isto e muito mais nesta canalização.

À medida que as pessoas chegaram a Tudo O Que É, houve uma expansão de energia tão grande porque a energia de corpo de luz estava lá e permeava todo o espaço. O que eu percebi, através dos olhos da Deusa, foi que havia um grande número de pessoas que estavam a bloquear o corpo de luz ou que sentiam como se fosse algo que elas não merecessem. Então, primeiro Ela trabalhou com a libertação de energias antigas e sentimentos de merecimento. A partir dali, as pessoas estavam mais abertas para a energia do corpo de luz.

Conforme a energia do corpo de Luz (CL) começou a falar, houve muita integração a ocorrer. É surpreendente ver como, quando vós permitis a auto-dúvida e a falta de merecimento, isso estreita a vossa percepção. O CL falou de como todo o universo está ligado através da consciência. Isto gerou uma oportunidade de olharmos para o omniverso, para vermos o que está lá e nos alinharmos. Quando olhámos então para a Terra, pudemos ver como as energias do CL se deslocavam para ela. Foi muito interessante ver as semelhanças e as diferenças. Mais energias de vibração superior estão agora a ser integradas na Terra.

Por último, a canalização centrou-se no que é ser feliz. Como isso pode afectar a vossa vida e a vossa perspectiva. A Deusa ancorou realmente as energias na Terra o que criou uma ancoragem mais forte dentro de nós, permitindo que uma maior energia do CL estivesse disponível para nós usarmos. Foi uma canalização muito poderosa e acarretou uma maior integração do acréscimo das energias cristalinas vindo para a Terra.
Shelly


Nama sika; venia benya Eu SOU UM, EU SOU o Todo

Eu vos saúdo, minha amada família. Há tanta coisa a acontecer sobre a Terra neste momento. Continuo a ouvir repetidamente sobre as mudanças de energias, sobre a intensidade, sobre as coisas inesperadas que acontecem nas vossas vidas e das vezes em que a vida é uma luta. Assim, é como se o espectro estivesse a aumentar em alguns aspectos.

O que Eu vejo é verdadeiramente o caso; há mais oportunidades que mantêm a Terra a fluir, especialmente neste momento e a oportunidade permite que o inesperado aconteça e pode também criar um novo potencial que não esperáveis e, portanto, pode parecer tornar a vida ainda mais confusa.

O benefício de toda esta energia e de todo este potencial a chegar é que vos concede oportunidades. Podeis ter a oportunidade de tentar algo de novo na vossa vida diária. Podeis ter a oportunidade de falar o que vai no vosso coração, de uma forma que não havíeis feito antes. Podeis ter a possibilidade de mudar com maior facilidade. Permiti tudo o que surgir no vosso caminho.

Se existe alguma intenção minha para este ano é a de que cada pessoa, cada humano que caminha sobre a Terra se permita caminhar para o que realmente procura ter e possa aceitar, assim, tudo que está presente para si. Deixai ir o controlo, deixai ir o tentar criar a partir de um lugar específico ou estreito e inspirai isso enquanto estais aqui no plano da Terra.

Desta maneira, Eu vos convido a permitirdes mudar a vossa consciência. À medida que mudais, tende a sensação de libertação de vos libertardes de onde estais e de permitirdes que a vossa atenção se mova para a grelha magnética. Enquanto fazemos aqui uma pausa por um momento, permiti-vos assimilar esta energia.

Sentis que ela é familiar para vós? Considerai que podeis vir aqui regularmente durante os vossos dias porque aqui é onde o pensamento, a intenção, a comunicação, a telepatia e aquelas várias qualidades que tendes procurado vão muitas vezes ter lugar.

Enquanto tendes a sensação de mudar ou de expandir-vos mais, senti como vos moveis para a grelha cristalina. À medida que vos sentis aqui neste novo espaço, deixai que as vossas energias se estendam para que possais sentir o que significa para vós.

À medida que a vossa consciência se desloca através deste espaço, senti como também vindes aqui muito regularmente. Com todo o trabalho que os trabalhadores da luz e aqueles que estão interessados na energia e na vibração, com todas estas coisas a serem alvo de atenção, cada vez uma parte maior da grelha cristalina está a ser integrada na rede magnética e a descer para a Terra. Eu agradeço-vos por tudo o que haveis feito para ajudar.

Daqui, Eu peço-vos que mudeis o vosso foco uma vez mais, permiti-vos deslocar para o espaço do plano da alma. Consoante vindes para dentro deste espaço, senti o que ele é. Alcançai-o como se estivésseis a chegar à vossa divindade ou à vossa presença Eu Sou. Algumas pessoas podem sentir como se se fundissem; permiti que isto venha para dentro de vós num grau ainda maior.

Enquanto vos fundis com a vossa divindade, senti como ela vos banha. Senti o amor, a aceitação e a consciência que está aqui para vós.

Eu, a Deusa, venho para este espaço. Chego a cada um de vós e envio o meu abraço. Conforme as nossas energias se misturam, ides encontrar-vos a mudar para o espaço de Tudo O Que É.

Olhai à volta, vede o que haveis criado. Este é um lugar de criação; é um lugar de praticardes alternativas para o que podeis querer na vossa vida. Conforme olhais à volta, podeis ver alguns desses potenciais.

Este ano, à medida que cada vez mais energias cristalinas entram, a vibração do Corpo de Luz está também a chegar a um grau maior. Senti como este espaço se alarga enquanto Eu falo disto. Aqui nós estamos reunidos e vamos falar com as energias do Corpo de Luz.

Há alguns que podem sentir-se imediatamente a fundir e, então, permiti que a vossa atenção ou consciência se desloque para onde quer que ela vos leve. Há outros que têm a energia do Corpo de Luz dentro e à sua volta, mas estão menos conscientes do que isso possa parecer ou ser para vós. (respiração profunda)

Então, inspirai, inspirai a vossa divindade consentindo que ela se mova ainda mais através de vós. E, à medida que consentis que isto ocorra, coloco-vos a questão do merecimento. Como é que isso se relaciona na vossa vida? Sentis-vos dignos de toda a magnificência que buscais ter na vossa vida? Talvez esta não seja a palavra que fosseis associar? Talvez haja mais alguma coisa que seja “Eu sei, eu quero ter, e vós podeis preencher esse vazio, mas simplesmente não é lá”.

Quando eu ouço as pessoas a dizerem coisas como esta…; começais a questionar as vossas crenças. Começais a questionar o que precisais para fazer de modo diferente na vossa vida. Perguntais-vos “como é que eu posso arranjar as coisas de modo a que se manifestem na minha vida?”Convido-vos a respirardes profundamente, descendo dentro de vós. Enquanto permitis que a vossa respiração se desloque através de vós, soltai tudo o que vos impeça de sentir aquela ligação ou aquele alinhamento interior.

No passado, as pessoas centraram-se nos problemas das suas vidas, e Eu vejo a importância de reconhecerdes algo que possa estar a acontecer na vossa vida e talvez a prender-vos. Mas, Eu incitar-vos-ia a abrir-vos para a possibilidade de que se as coisas não funcionaram para vós, se as coisas ainda não estão acontecendo, então deixai de tentar fazê-lo.

Como seria viverdes a vossa vida a partir da experiência do vosso foco, respirando e integrando a vossa divindade? Neste espaço de criação, enquanto olhais para as muitas coisas que gostaríeis de ter na vossa vida, parai um segundo e olhai a partir da perspectiva da vossa vida diária. Para alguns, isto quer dizer que as coisas parecem alinhar-se.

Mas, então, tende também a sensação de tirardes um minuto ou dois para respirardes profundamente, respirardes simplesmente a vossa divindade e sentirdes como é bom. Nenhum dever, nenhuma intenção, inspirai simplesmente a vossa divindade. Senti como isto muda a vossa perspectiva, como muda a vossa maneira de olhar. E, agora, olhai para o que quer que estejais a procurar ter na vossa vida. Isto dá-vos outra alternativa; dá-vos uma maneira diferente de olhar para as coisas.

Desta forma, voltando ao modo como pensais acerca da vossa vida e o que tendes procurado manifestar, quer seja baseado no merecimento ou seja baseado na luta. Convido-vos a, de modo consciente, inspirardes por um momento e, conforme expirais, deixardes que isso saia (Respiração funda), que seja lavado.

Eu amo tanto os humanos! Amo a vossa determinação; amo a vossa força e a vossa sensibilidade. Eu não estou a pedir que alguém desista de algo que gostaria de ter; de facto, Eu encorajo-vos a procurardes terdes ainda mais na vossa vida. Uma tal grandiosa abundância que, no momento, não podeis compreender o que é.

Então, quando estais a deixar ir a resistência ou a soltar a luta na vossa vida, estais a soltar apenas isso: lutas, dificuldades, talvez frustração. Consoante deixais que tudo isso se desloque através de vós, percebeis como podeis inspirar mais fundo, como a vossa energia se pode expandir ainda mais. Percebei como isto vos permite ter o que verdadeiramente buscais ter. Agora, deixai isso ir.

Enquanto o soltais, Eu convido-vos a abrirdes os vossos sentidos ainda mais e aproveitardes a energia do Corpo de Luz, à medida que ela flui aqui. Vou deslocar-me e permitir que a essência do Corpo de Luz fale convosco:

A energia do Corpo de Luz fala:

Saudações, nossa amada família, nós somos todos um. Nós, o Corpo de luz, vós, os seres humanos, todas as energias do universo temos todos um traço comum; e este é a consciência.

Algumas pessoas escolhem a consciência na forma humana sobre a terra com a gravidade e corpos físicos. Outros escolhem a consciência sem o corpo, talvez como uma energia abstracta no universo. Outros, ainda, podem escolher a consciência numa estrela ou planeta em qualquer forma que eles tenham. Mas está tudo ligado.

À medida que Eu fluo a consciência da essência do Corpo de Luz neste espaço, convido cada um de vós a abrir-vos e sentirdes como ela se move dentro de vós. (Respiração funda) A energia do Corpo de Luz tem muito da energia cristalina. É isso, e é algo que não precisa necessariamente de ser definido. É uma corrente de consciência ou Eu devo dizer que a energia do Corpo de Luz permite que várias correntes de consciência se movam com maior facilidade por todo o universo e em cada um de vós.

Vós, que estais a escolher participar nesta experiência esta tarde, tendes tido muitas experiências de vida sobre a Terra. Tivestes muitas no universo, tudo está ligado para vós através da vossa presença Eu Sou. Portanto, quando vos ligais com a vossa presença, podeis alcançar a permissão para que qualquer uma dessas experiências desça e seja uma parte de vós.

Podeis tocá-la somente pela experiência ou pelo conhecimento. (Respiração funda) Conforme consentis que a vossa atenção se ligue completamente com esta energia do Corpo de Luz, convido-vos a terdes a sensação de seguires essa corrente conforme ela sai para o universo. É como se vós ficásseis à porta do omniverso e vísseis as galáxias, os planetas, as estrelas, e vísseis mais do que aquilo a que, conscientemente, podeis dar um nome.

Enquanto olhais e absorveis tudo o que está aqui neste espaço, percebei como conseguis processar, enviar e receber tudo através das vossas energias do Corpo de Luz. Isso dá-vos quase um impulso eléctrico. Está aqui para vós.

Conforme permitis que uma quantidade cada vez maior da vossa divindade flua dentro de vós, ides então descobrir que também a vossa percepção da energia do Corpo de Luz aumenta. Embora estas duas energias estejam muito próximas em alinhamento uma com a outra, não tendes que ter consciência de uma ter consciência da outra.

Senti-vos agora a deslocar o vosso foco. À medida que olhais à volta de Tudo O Que É, olhai com a intenção de entenderdes como as energias cristalinas se movem para a Terra.

Alguns podem reparar que existem vários vórtices de energia. Outros podem ver como se fosse um raio de luz que desce e rodeia os indivíduos. Para outros, pode ser algo que pinga para baixo como se fosse uma energia aleatória que permeia todas as consciências e tudo o que está lá.

Assim, assimilai-o, deixai que a vossa percepção se expanda e senti então esse fluxo (Respiração fundo). Eu convido cada um de vós a seguir esse fluxo de energia que sois vós e a vossa consciência, conforme ides para onde estais ancorados no vosso corpo.

Enquanto observais daqui de dentro de Tudo O Que É, aproveitai quanto da energia do Corpo de Luz está aqui dentro e à vossa volta. Talvez tenhais a sensação de olhardes para a vossa comunidade, de olhardes à volta para o vosso estado, o vosso mundo, o que seja; mas abri-vos e vede outras fontes de energia cristalina ou do Corpo de Luz.

Convido-vos a aproveitá-lo como um meio de vos ajudar na vossa vida diária (respiração profunda).

À medida que a vossa atenção regressa para Tudo o Que É, Eu vou deixar de falar convosco e passar à Deusa mas, gostaria de lembrar-vos que sois muito mais do que o que pensais que sois, e que tendes esta vibração do Corpo de Luz dentro e à vossa volta. Inspirai esse potencial.

E com isto Eu desloco-me e permito que a Deusa tome mais uma vez o lugar.

Ansaluia

A Deusa da Criação fala:

Bem, amada família, consoante a consciência do Corpo de Luz volta para dentro dessa corrente de consciência pura, isso ajuda-vos a que amplifiqueis tudo isso para vós. Olhai para dentro, tal como Ela pediu, e permiti-vos abrir aceitando adicionar este aspecto de quem sois.

O que gostaríeis de fazer com a vossa vida? Quando Eu falo de viverdes a partir de um espaço de alegria, é algo que conseguis conceber para vós? Atingi-o como se estivésseis a respirar profundamente a vossa divindade, respirai profundamente e deixai-vos expandir ainda para mais longe para a vossa divindade, consentindo que a energia do Corpo de Luz se amplifique e acelere isto para vós.

Aqui dentro deste espaço, isso parece felicidade. Colocai a intenção de, na vossa vida diária, não importa o que estejais a fazer, fazê-lo a partir deste espaço de felicidade. Soltai a luta, abri-vos e permiti a facilidade. Soltai o medo, inspirai a aceitação e a permissão.

Enquanto o fazeis, ides descobrir ainda mais destas energias a fluirem dentro e ao vosso redor. Eu coloco a intenção de que cada um de vós descubra isto a acontecer nas vossas vidas cada vez com maior facilidade.

Agora, Eu convido-vos a reunir-vos. À medida que vos juntais em grupo, aproveitai um momento para olhardes para todas as energias que aqui estão. Enquanto assimilais a energia do Corpo de Luz que está disponível de todos à volta, reconhecei como está tudo lá, presente na Terra. Vós tendes apoio na vossa vida diária.

Assim, enquanto o holograma da Terra surge no vosso centro, consenti que a vossa consciência se alargue para que possais transmitir essa essência de uma vida com facilidade. Transmiti a vossa energia do Corpo de Luz, e de tudo o que buscais ter a evoluir ou a decorrer com facilidade.

Conforme as energias cristalinas se deslocam através do holograma, vede como ele ajuda a soltar as energias que já não estão mais em sintonia. O próprio holograma cria o seu próprio equilíbrio e vós fazeis parte dele. Deste modo, à medida que ele começa a mudar, desce, flui traves da grelha cristalina; há esse aspecto dele que se muda para a nova terra e então o remanescente vai, continua a ir, desloca-se através da rede magnética. Isso cria uma expansão ou um maior equilíbrio no interior da rede magnética e desce, depois, até se ancorar dentro da vossa terra física. (Profunda respiração)

Havia uma enorme intenção e alinhamento centrados na energia do Corpo de Luz neste holograma. Enquanto ele se liga com o centro da Terra e os seus cristais, ela expande-se para o exterior. Move-se de tal maneira que atravessa a relva, irrompe das árvores e sobe para vós enquanto humanos que sois.

Senti-a no vosso corpo físico. Senti o que é ter alegria e emoção na vossa vida. Senti o que é permitirdes que a energia do Corpo de Luz vos auxilie na vossa vida quotidiana. Ela está disponível para vós continuamente. Precisais somente de terdes a intenção de vos alinhardes com ela.

Muito bem, e assim vós permitis mais uma vez que o vosso foco se desloque para Tudo O Que É. À medida que regressais para dentro deste espaço, tende a sensação de mudardes rapidamente para vos sintonizardes uma vez mais com o plano da alma. A vossa divindade preenche este espaço. Sempre que alcançardes um alinhamento com a vossa divindade, estais a alcançá-lo neste espaço. Senti como a energia do Corpo de Luz cria ainda um maior acesso para vós. Pode ser como se a vossa consciência fluísse através dessa consciência do Corpo de Luz ou pode ser que tenhais, simplesmente, uma maior percepção de quem sois enquanto divindade. (respiração profunda)

Senti-vos deslocar para a grelha cristalina. Tal como demos aqueles passos para fora também assim o fazemos enquanto vos moveis para ancorardes a vossa energia dentro do corpo físico. À medida que flutuais através da rede cristalina, senti-vos chegar à grelha magnética. Mais uma vez, senti a atracção magnética da Terra. Olhai à volta e percebei a diferença na grelha magnética simplesmente desde esta jornada em que haveis participado. A vossa consciência expandiu-se e estais mais cientes do potencial que aqui está.

Eu convido-vos, agora, a sentirdes as vossas energias como se fluíssem para baixo e ao redor do vosso corpo físico. Conforme consentis que a vossa consciência ancore mais uma vez dentro de vós, peço-vos para vos sentirdes respirar para o centro do vosso coração. Deixai que tudo flua através de vós, descendo para a Terra. Senti essa fusão com a Terra e ela volta a subir.

Enquanto aqui estais presentes no corpo físico, Eu convido-vos a terdes a sensação da expansão da vossa consciência. Senti como estais a chegar à vossa divindade e senti essa conexão que está lá para vós. (Respiração profunda) Respirai profundamente, permitindo que mais da vossa divindade desça para dentro e à vossa volta. Ancorai a intenção de permitirdes que a vossa vida seja vivida com alegria, entusiasmo e um potencial maior. Conforme ides vivendo esta vida, desfrutai de tudo o que acontece nos vossos dias. Senti quão abundante isto pode ser.

E, assim, amada família, à medida que caminhais nestas próximas semanas da vossa vida se gostaríeis de ter uma tarefa, deixai que ela seja: “como é respirar na minha divindade? Como posso estar mais ancorado aqui na Terra e aberto para um fluxo maior do meu Corpo de Luz e da minha divindade? Eu tenciono viver a minha vida a partir da alegria. Eu tenciono permitir que tudo o que está aqui para mim venha para dentro de mim e para a minha volta.”

Eu estou sempre convosco e dentro de vós

Ansaluia


Shelly Dressel a canalizar a Deusa da Criação. Todos os direitos reservados. Convidamo-lo a partilhar esta informação, mas pedimos que não retire nenhum excerto do corpo do texto e que respeite os direitos autorais desta mensagem. Para mais informações, por favor visite o nosso sítio na Web: www.goddesslight.net

Fonte:http://spiritlibrary.com/goddess-light/goddess-channelings/in-the-flow-of-lightbody-energy 

Tradução: Ana Belo – anatbelo@hotmail.com

Gostou! Indique para seus Amigos.

|Topo da Página|    |Voltar Menu Deusa da Criação|   |Voltar Home|