FÍSICA E CIÊNCIA
Kryon através de Lee Carroll
Esta canalização ao vivo foi dada no Monte Shasta, Califórnia
Kryon Summer Light Conference™
17 de junho de 2007
 


Esta canalização foi recanalizada [por Lee e Kryon] e adicionada para oferecer uma compreensão ainda mais clara. Muitas vezes estas reuniões em Shasta apresentam informações muito básicas de Kryon, mas muito é transmitido emocionalmente, o que a página impressa simplesmente não pode revelar. Além disto, foi expandida por Kryon para incluir explicações adicionais de conceitos difíceis apresentados em uma sessão que foi realizada ao vivo sob restrições de tempo (uma reunião grande). Esta expansão cria uma comunicação ainda melhor do que a do áudio ao vivo.

Esta canalização em particular foi sobre física e ciência, e tem muitos conceitos novos. Foi uma das mais difíceis para Lee, e ele diz, "Kryon chegou perto..." para se assegurar de que os fatos fossem traduzidos corretamente.

Portanto desfrute esta mensagem melhorada oferecida no poderoso Kryon Summer Light Conference, em 17 de junho de 2007.


----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Saudações, meus queridos, eu sou Kryon do Serviço magnético.

Realmente há aqueles que nos sentiram enquanto entravam neste espaço pela manhã, pois nós nunca deixamos vocês! [falando sobre o fato de que este é o 2° dia do evento de Shasta]

Meu parceiro está apreensivo e normalmente ele não fica assim. Nós frequentemente falamos sobre amor. Nós falamos sobre coisas que ele tão comumente está envolvido durante as canalizações. Mas agora falaremos de ciência. Nós usamos seu cérebro de engenheiro, sua lógica e seu canal puro para trazer a vocês coisas que gostaríamos que ouvissem. Então neste momento deixe-me falar com ele e dizer, “Querido parceiro, relaxe! Pois vamos de forma lenta em um modo de ensinamento. Daremos a você palavras que compreenderá. A informação fará sentido. Mas vá devagar. Vá devagar.”

E alguns de vocês poderão perguntar, por que deveriam fazer tal coisa. Vocês vieram para receber informações esotéricas, e nós a demos na canalização de ontem. Na canalização antes desta, que para mim parece ter acontecido há um momento atrás, oferecemos bastante informação esotérica. Nós agora a complementamos com o outro lado - informação científica que vocês precisam ouvir. Coisas das quais falamos algumas vezes anteriormente irão hoje fundir-se com coisas que nunca falamos, para dar a vocês simplesmente a verdade sobre a física em áreas que talvez nunca tenham ouvido antes. Nós trazemos estas coisas desta forma por uma razão. A primeira é que queremos que tenham isto arquivado. Algum dia haverá aqueles que pegarão estas transcrições e compararão com as descobertas da ciência. Depois verão que há uma confluência da verdade. Então eles terão que dizer que esta informação esotérica foi real... não apenas um ser humano no palco, entretendo a platéia e fazendo suposições sobre a ciência. Estas são idéias elevadas e serão traduzidas para as páginas dos seus livros eventualmente. Vejam, observem, e esperem.

Eu sou Kryon do Serviço Magnético. E se quisermos fazer isto corretamente, precisaremos fazer uma revisão e conectá-la corretamente. Eu disse que explicaria a astrologia e para fazer isto levarei vocês através de um pouco de ciência sobre seu corpo biológico. Algo que precisam saber, pois não se relaciona apenas com a astrologia, mas com quase tudo o mais que acontece com vocês e o planeta.

A Natureza Magnética do DNA

Seu DNA é complexo; é elegante e cada simples pedaço está lá por um motivo. Não há nenhum lixo, não há nenhuma sobra e é lindamente projetado. O que parece ser aleatório e caótico não o é, pois, de forma muito sucinta, o sistema encontra-se na estrutura interdimensional de um sistema que trabalha com aquelas belíssimas fibras. Em 3D vocês vêmm a hélice dupla. Por muitos anos vocês a tem visto como uma fita - uma fita responsável pela genealogia de todas as coisas que fazem de vocês o que vocês são. As terminações das fitas do DNA são os telômeros. Estas longas fitas parecem não fazer nada a não ser encurtar à medida que envelhecem - uma cópia, da cópia, da cópia – responsável, talvez, pelo que vocês pensam ser a sua morte final.

Recentemente foi feita uma descoberta em sua ciência, que parece ter sido ignorada e que em sua essência talvez seja uma das descobertas mais profundas, conectando você e a grade magnética, juntos. A descoberta foi que os telômeros estão na verdade juntos, conectados. O DNA não é uma fita, mas um loop. Demorou um tempo para se ver a verdade disto, pois é uma conexão muito detalhada. Então, de repente, o DNA não é uma fita, mas um loop, e agora a diversão começa. Pois neste loop vocês agora têm um atributo de corrente elétrica potencial. O ser humano é um aparelho bioelétrico, e seu cérebro, as sinapses, suas reações musculares, tudo isto trabalha com os neurônios que disparam os impulsos - trilhões deles que fazem seu corpo funcionar. Portanto a eletricidade do corpo está, de repente, envolvida com o DNA, pois há uma corrente que viaja através do loop. Ela é minúscula, dificilmente detectável, até mesmo pelos seus melhores instrumentos.

Portanto, a primeira coisa que diremos a vocês é isto: cientistas, procurem pela corrente! Pois vocês descobrirão que ela está lá. Não apenas isto, vocês descobrirão que ela flui por sua química de uma forma que não deveria fazer! O DNA não deveria conduzir eletricidade, mas ele conduz... quase como um supercondutor. Portanto agora vocês têm corrente fluindo através de um loop. Em eletricidade básica, vocês aprendem que a corrente fluindo em um loop cria um campo magnético. O DNA, portanto, tem seu próprio campo magnético... cada hélice dupla. Oh, ele é muito pequeno, mas se pegarem aqueles trilhões de partes do corpo humano, as quais tem campo magnético cada uma, todo o ser humano se torna magnético. Então ai estão vocês com uma evidência científica de que o DNA humano realmente tem um campo magnético.

E isto deveria dizer algo mais a vocês devido à física do magnetismo. Se um campo magnético se sobrepuser a outro algo conhecido como indutância ocorrerá. Indutância é aquele espaço mágico onde dois campos magnéticos se sobrepõem e se interpenetram, permitindo que aconteçam comunicação e transferência de energia. Em sua eletricidade isto é usado diariamente em quase todos os aparelhos que têm. O que vocês deveriam saber é que a indutância é o motor da mudança do DNA, recebendo tanto instruções apropriadas quanto inapropriadas do ambiente. É por isso que nós lhes instruímos repetidamente para não se exporem a campos magnéticos de ação prolongada. No entanto vocês deveriam ter outra compreensão – de repente vocês tem o potencial de receber informação através da grade magnética do planeta, uma vez que agora têm consciência de que possuem seu próprio gerador magnético, seu DNA. Este é o motivo pelo qual eu sou Kryon do “Serviço Magnético.”

Agora, deixe me revisar a informação que demos a vocês em 1989 onde dissemos que a Terra tem um campo magnético que posiciona sua consciência. Nós dissemos que se saíssem deste campo magnético vocês eventualmente entrariam em desequilíbrio físico e adoeceriam. Vocês não podem viver sem ele. Agora nós lhes desafiamos mais uma vez para provarem isto, pois precisarão dela em viagens espaciais. Este fato nunca mudou. No passado pedimos os cientistas para procurarem por atributos muito interessantes que estão lá esperando para serem descobertos. Vejam o acontece com um ser humano quando ele sai, mesmo que um pouco, do campo magnético da Terra. Ele adoece! Há laboratórios de pesquisa que foram colocados em seus pólos. Cientistas têm vivido neles por muitos meses. Nos pólos da Terra existe uma neutralidade de confluência... não há uma fusão do magnetismo. Portanto há uma singularidade no pólo norte e uma singularidade no pólo sul que não estão equilibrados para a estrutura celular humana.

Portanto, cientistas, eu gostaria que dessem uma olhada na saúde daqueles que estão naqueles laboratórios, porque vocês encontrarão algo nas incidências de seus cânceres e doenças. Revelarão que são muito maiores do que deveriam ser em uma curva normal da saúde humana. Pois eles permaneceram fora do equilíbrio por muito tempo e pagaram o preço. Aqueles que estiveram em órbita por muitos dias e até mesmo meses estiveram levemente fora do campo magnético no qual vocês estão agora e vocês poderão observar a mesma coisa lá. Observem a medula óssea deles. Observem o sistema imunológico e percebam que ele começa a falhar quando saem do campo magnético.

O campo magnético de seu planeta trabalha com seu DNA de formas que desconhecem. Ele conversa com o seu DNA.

Em 1989 eu disse a vocês que a grade magnética da Terra moveria mais em 10 anos do que nos últimos 100 anos... e foi isto o que aconteceu. Alguns dizem que ela se dirige para mais uma inversão na polaridade, como já aconteceu no passado. Mas isto não ocorrerá ainda. No entanto ela se moveu, e da forma como eu havia dito. [Este é um fato científico conhecido e pode ser verificado.] E eu vou dizer por que ela se moveu - porque a consciência deste planeta a moveu, e o início desta mudança foi a Convergência Harmônica. Isto não é uma coincidência. Ela se moveu para posicionar sua iluminação. Para que houvesse um despertar no planeta. Por isso ela se moveu, e tem havido uma mudança na intuição em muitas pessoas em todo o planeta. A grade fala com o DNA e com a consciência da humanidade. Agora milhares de pessoas estão perguntando, “Há mais coisas do que me foi dito?” Será que você é um destes? Será por isto que seus olhos estão nesta página?

Há outros lugares no planeta onde é difícil se viver, no ponto nulo. No equador e ao redor do equador o positivo e o negativo se encontram, revertendo lentamente, um tornando-se o outro. Ao redor destas áreas o campo magnético não é consistente, não é linear. Há partes onde é mais intenso e partes onde é menos intenso. Não segue exatamente a linha equatorial. Ele vai para cima e para baixo. Isto foi mapeado para vocês e seus cientistas sabem onde estão aqueles pontos nulos.

Observem os pontos nulos e vocês encontrarão os pontos mais problemáticos neste planeta, os pontos com mais doenças, com mais guerra, horror e genocídio neste planeta. Os maiores desequilíbrios estão nos pontos nulos. E isto é devido à grade magnética e ao fato de que o DNA recebe informações sobre equilíbrio. Há dezoito anos atrás nos foi perguntado: “Kryon, onde podemos ir para termos mais iluminação?” Isto foi publicado nas primeiras transcrições de nossas canalizações ao vivo. E a resposta foi: “Vão para onde o clima é mais frio.” E isto não é no equador. Agora vocês compreendem por que dissemos o que dissemos? Ao afastarem-se do equador nas duas direções vocês chegam a um lugar mais equilibrado, e... mais frio! Esta é a verdade simples.

E estamos aqui dizendo, vão adiante cientistas e observem, pois vocês encontrarão algumas sincronicidades que não esperavam. Se forem viajar para as estrelas, se forem viajar para os planetas é melhor levarem seu campo magnético junto com vocês em um modo simulado. Façam-no similar ao que a Terra lhes oferece durante os dias e anos em que estiverem naquele casulo. Se não fizerem isto não conseguirão. Isto ainda será reconhecido por aqueles que planejam ir aos planetas e estrelas [NASA]. Então aqui está um convite aos biólogos, os cientistas da vida. Façam a pergunta, “A estrutura celular do ser humano precisa do campo magnético da Terra para sustentação da vida e equilíbrio ao longo do tempo?” Usem informações dos anos passados nos pólos, e do tempo que já permaneceram em órbita. A resposta será sim.

Astrologia

Agora vamos falar sobre astrologia. Este poderia parecer um tema esotérico, mas não é. É um dos mais incompreendidos atributos da ciência... classificado como oculto por aqueles que não estão pensando de forma clara. Deixe me lembrar-lhes que esta também foi a consideração dos que acreditavam em germes antes de ser provado que era algo verdadeiro. Imaginem... um microorganismo invisível que causa doenças (deve ser algo oculto ou um plano dos ETs para invadir a Terra!) Quando seus aparelhos e sabedoria vieram a compreender tudo isto, tornou-se ciência, e ajudou a salvar vidas. Agora nós dizemos que com a astrologia é a mesma coisa. É uma ciência que neste momento é considerada misticismo.

Se vocês chegaram até aqui em minha discussão sobre o magnetismo (acima), compreenderão que os seres humanos são continuamente influenciados pela grade magnética do planeta, e que ela foi projetada daquela forma para comunicação e equilíbrio. Eu gostaria de revelar para vocês o que está aterrissando [sendo colocado sobre] no campo magnético, que deve ser parte daquela comunicação sobre a qual falamos. Oh, há muita informação que é entregue desta maneira, mas darei a vocês apenas a informação astrológica.

No centro do seu sistema solar está o seu Sol. Seu Sol está sendo padronizado magneticamente com a gravidade a cada segundo do dia. Não se pode separar o magnetismo e a gravidade, pois eles são dois gêmeos do mesmo atributo na ciência, que ainda precisa compreender como se relacionam um com o outro. A luz também está envolvida, pois é interdimensional. Quando algo em sua realidade pode estar em dois lugares ao mesmo tempo, ele tem que ser quântico [atributos interdimensionais] e a luz se encaixa nesta categoria juntamente com o magnetismo e a gravidade. Magnetismo, gravidade e luz são os mistérios de sua realidade. Nenhum deles é realmente compreendido. Ao contrário, eles são simplesmente usados. Vocês sabem o que eles fazem, mas não tem nenhuma idéia do que são. O tempo é o outro, mas ele é um resultado dos três primeiros e não uma energia por si mesmo.

E então, no centro do seu sistema solar está o seu Sol com os planetas puxando e empurrando sobre ele enquanto movem-se ao seu redor. Imagine a força do puxão sobre o Sol de todos os planetas e os vários alinhamentos pelos quais passam. Imagine por um instante que você pudesse ver a gravidade e as incríveis forças da gravidade como cordas que saem dos planetas puxando o centro do Sol. Isto criaria um padrão de cordas que muda constantemente, não é? Pois ele é padronizado diariamente, o tempo todo, a cada momento.

Esta padronização é uma padronização interdimensional do Sol. Portanto, você poderia dizer que o padrão quântico do Sol é diferente a cada momento, dependendo de onde os planetas estiverem. E você estaria certo. Pense sobre o que os atributos destes puxões e empurrões fazem com o Sol quando os planetas se alinham em uma fila! Pense sobre o que ocorre quando acontece o que vocês chamam de retrógrado aparente [aparência de um movimento para trás nas órbitas como observado de outra plataforma em órbita]. Então aqui estamos nós com uma padronização no Sol, mudando constantemente, interdimensional, magnética e que afeta até mesmo o tempo.

O que vocês sabem sobre o Sol além do fato de que está enviando luz e calor? O Sol sopra algo chamado vento solar sobre a Terra o tempo todo. É um fluxo contínuo de partículas carregadas [magnetismo!] Esta é a informação da padronização do Sol sendo entregue à grade magnética da Terra. E se você duvida disto, então dê uma olhada na aurora boreal. Pois este é o nome dado ao show de luzes do vento solar enquanto ele se choca com a grade magnética do planeta, criando sua própria indutância, entregando informação da padronização do Sol para vocês.

Quando chega à grade do planeta, aquela padronização é então transmitida através de indutância adicional para o seu DNA no momento do seu nascimento. No nascimento é quando você a recebe, já que é quando você chega para sua primeira inspiração do ar, sua primeira interação com o ambiente como uma vida independente. Você então tem um padrão... aquário, peixes, câncer. Ele é o reflexo do alinhamento dos planetas durante o momento do seu nascimento. O padrão é retido em seu DNA como uma força vital sobre a qual falamos ontem quando mencionamos o caos aparente da energia em uma arena interdimensional. Ela lhe afeta e dali por diante você fica susceptível à energia daqueles padrões enquanto eles se alinham em seu sistema solar. Isto é chamado astrologia. É uma das mais antigas ciências no planeta e é intuitiva [parte da sua consciência de ‘saber’].

Há aqueles que dizem, “Eu não acredito nisto”. Nós acabamos de dar a vocês informações de que são susceptíveis à padronização da mecânica orbital interdimensional e ainda assim há aqueles que dizem, “Eu ainda não acredito.” Tudo bem, então como você explica a síndrome da lua cheia? A lua é o maior corpo em órbita da Terra, e ela padroniza o Sol, mas tem uma grande influência na padronização de sua gravidade com o seu puxão gravitacional. [Gravidade está relacionada com o magnetismo.] Por que será que as forças policiais em todo o mundo decidem colocar ajuda extra durante a lua cheia? E alguns dizem, “Ah, esta é fácil! É porque na lua cheia é mais claro e por isso mais crimes acontecem.” Não, isto se relacionaria com a luz e não com a órbita da lua, no entanto é algo que acontece até mesmo durante noites de lua cheia nubladas. Perguntem aos hospitais, pois eles também estão envolvidos, cuidando dos vários acidentes e desafios entre seres humanos naqueles dias. Eles sabem que a lua cheia é um momento difícil. Tentem explicar isto... e a única forma é através da astrologia. A astrologia é uma grande influência no comportamento humano, é ciência e envolve o DNA e o pensamento humano. Vocês podem imaginar o que isto pode fazer para ajudar a humanidade quando for finalmente reconhecida? Vocês são susceptíveis ao movimento dos planetas. Vocês estão vivos com Gaia. Vocês são parte do sistema. Como podem negar tal coisa? Isto é ciência.

Astrólogos, agora vocês compreenderão porque nós lhes dissemos há 18 anos atrás que haveria uma diferença nos mapas e que deveriam ser retificadas antes e depois para que pudessem descobrir o que aconteceu na mudança energética e na mudança da grade magnética daquela época e agora. Nós falamos sobre uma influência de três graus em seus mapas entre agora e o ano 2012. Estes três graus não ocorrem todos em uma única casa. Estes três graus são a culminação das formas das casas abrindo e fechando em uma nova configuração de tamanhos. Vão adiante, façam as retificações e vejam o que queremos dizer. Façam as sobre-camadas antes e depois e vocês descobrirão através daqueles clientes, de quem fizeram mapas naquela época e agora, o que está acontecendo e como isto está mudando e transformando. Os astrólogos de categoria mundial sabem que está mudando. Até mesmo a astrologia é dinâmica, pois está relacionada com o magnetismo, realmente!

Agora meu parceiro [Lee] está pensando, “Bem, isto foi mais fácil do que eu imaginava.” Bem, a próxima não será. [gargalhadas].

As Novas Leis da Fisica

Agora falaremos sobre física. Deixe-me dar-lhes informação histórica sobre um dilema. Deixe-me dizer-lhes o que a ciência fez com o dilema. Depois deixe-me falar sobre coisas que nunca dissemos antes.

É uma bela lei e Newton a desenhou. É uma lei responsável por toda a mecânica orbital em seu sistema solar. Ela explica toda esta mecânica e é a segunda lei de Newton. É uma descrição. Cuidado meu parceiro, vá devagar. [Esta é uma exortação de Kryon para que Lee seja mais claro.] Em sua formulação fundamental é uma descrição da força, matéria e aceleração. E estes fundamentos explicam os movimentos dos planetas - os movimentos e a inércia em todas as partes. Ela faz isto tão bem que esta fórmula é responsável pelos cálculos de lançamentos de satélites e de sondas espaciais ao redor de todo o sistema solar. Toda esta matemática, tão centrada na segunda lei de Newton, funciona.

Se vocês tiverem notado em seu próprio sistema solar e se gostam de astronomia, verão o que Newton viu - que os planetas [itens com massa constante] que estão mais próximos da influência gravitacional do Sol viajam a velocidade diferente daqueles que estão mais distantes. Esta se tornou a fórmula da segunda lei de Newton e é verdadeira até hoje e vinha mantendo assim... até que recentemente sua ciência descobriu alguns desafios.

A primeira coisa que gerou interesse foi quando as partículas se tornaram muito pequenas e então a lei se quebrou. Elas não seguiam mais as regras. Quando se chegou à estrutura atômica a fórmula era diferente. Este foi na verdade o motivo para o nascimento da física quântica - a explicação do pequeno e do muito pequeno e das teorias que o acompanham incluindo as interdimensionais. E isto estava bem para a ciência. Novas teorias disseram que quando a matéria fica super-pequena, precisa haver uma diferença na interação dos objetos com massa. Alguns dizem que isto se deve ao fato de que as partículas menores não têm a massa constante que os planetas e a lua têm... algo não muito difícil de se lidar dentro da mente do cientista. Não apenas isto, os seres humanos têm a habilidade de experimentar com o super-pequeno, com aceleradores atômicos - prótons e anti-prótons colidindo quase à velocidade da luz para ver o que acontece. Então os seres humanos podiam verificar as novas leis dentro do mundo super-pequeno. Foi aí que algo aconteceu.

Com o advento dos novos “olhos” da Terra através de espelhos controlados por computadores em arranjos telescópicos, vocês começaram a estudar as galáxias distantes e a vê-las melhor. E para a surpresa dos astrônomos, eles podiam ver as estrelas rodando ao redor do centro da galáxia, assim como seu sistema solar gira ao redor do Sol, mas com uma grande diferença. Ele não segue a lei de Newton!

E para surpresa dos astrônomos, eles descobriram que as estrelas rodando ao redor do centro da galáxia estavam em um “modo de rotação de disco - invariável.” Deixe-me explicar isto a vocês – vá mais devagar meu parceiro [mais conselhos de Kryon a Lee]. Se vocês pegassem um disco e colocassem algumas pedras sobre ele, mais perto e mais longe do centro e depois girassem o disco suavemente perceberiam que todas as pedras ou partículas giram juntas uma atrás da outra, mantendo a influência entre elas na mesma perspectiva. Em outras palavras elas não se movem mais rápido ou mais lento devido à distância do centro. Isto é chamado de rotação de disco e é o que as galáxias fazem.

No entanto, de repente, a segunda lei de Newton não funciona! As estrelas poderiam ter uma grande massa constante, no entanto não estavam seguindo as regras da mecânica orbital. A lei de Newton parece funcionar para o sistema solar, mas não funciona para as galáxias. Isto não faz sentido e está no centro da controvérsia e da eventual descoberta de algo que a astronomia está começando a ver.

Na matemática da medição de energia do universo, a ciência diz que algo está criando uma energia que não podem ver e que está empurrando a matéria de uma forma que afeta a lei de Newton. Eles dizem que não sabem o que é e que não podem vê-la. É uma energia invisível criando um novo tipo de sistema orbital, que eles agora percebem estar em todas as galáxias. Então eles a chamam de matéria escura, uma matéria misteriosa que influencia tudo.

A matéria escura não é realmente escura. Esta é simplesmente a definição científica para uma energia que está faltando. Isto é tudo o que é. Algo está puxando e empurrando de uma forma que não segue a mecânica orbital da clássica lei de Newton. Como isto pode ser? Agora o dilema está lá. O muito pequeno não funciona bem. O muito grande não funciona bem. O seu sistema solar parece estar bem. Alguém está trabalhando nisto agora e eu preciso mencionar isto.

Portanto coloque seu boné esotérico só por um instante. Newton tinha um assistente que estava muito envolvido com seu trabalho. Este assistente está vivo atualmente e é claro que ele é um astrônomo. Ele reencarnou com a paixão em sua estrutura celular para continuar o trabalho, o que está fazendo! Ele está muito perto de entender tudo isto.

Eu vou dizer-lhes por que este dilema existe. Farei o melhor para passar isto através de meu parceiro de forma sucinta para que vocês compreendam a física. Isto nunca foi revelado desta forma. Vocês estão próximos da descoberta, e ela está nos éteres. Portanto, eu não estou dando a vocês nada que o livre arbítrio humano não vá descobrir por si mesmo. A solução está flutuando no sistema, pronta para ser encontrada.

Acrescentando às Forças Conhecidas no Universo

Quando for vista, a nova teoria enfrentará muita resistência científica, e eu direi por que – porque vocês terão que reescrever e acrescentar às quatro forças do universo. [Suspiro! Mudar as forças conhecidas? Lee está respirando intensamente agora.] Eu darei a vocês os nomes das quatro forças do universo de acordo com a física. Não vou explicá-las porque este não é o lugar para isto. Ouçam o que os cientistas disseram sobre as únicas quatro forças que controlam tudo. A primeira é a gravidade, conhecida como uma força fraca. A segunda é o eletromagnetismo, conhecida como uma força forte. Elas formam um par. E as outras duas são um outro par; a número três é conhecida como força nuclear fraca e a quarta é conhecida como força nuclear forte. Estas quatro forças supostamente são responsáveis por tudo o que acontece, mas, agora, de repente, parece haver um dilema. Há uma energia faltante! Será que isto não lhes diz que talvez aquelas quatro forças sejam seis? E são.

Eu quero que vocês observem a natureza. Observem a natureza em seu planeta. Quase tudo vem em fatores de 12. Matemáticos, vocês sabem quais são os fatores de 12. [Há seis.] Os fatores de 12 mais comuns vistos na natureza são três, quatro e seis. Quando a água é cristalizada ela forma seis braços [um floco de neve], por conta própria. As formações cristalizadas são de base 12 com os fatores de 12 mostrando-se claramente, principalmente o seis. Por vários anos temos dito a vocês que a elegante ciência da física deveria ser de base 12. É uma matemática interdimensional que inclui o zero que por sua vez não significa o nada ou o infinito. Um zero na matemática interdimensional significa os potenciais de todas as respostas prováveis. Não é uma matemática empírica como em 3D, no entanto esta matemática lhes trará algumas percepções quando começarem a usá-la. Por exemplo, faz sentido para vocês que uma das equações mais profundas que têm, a do círculo, à qual chamaram de pi (π), seja um número irracional? [Um número irracional na matemática é aquele que tem uma expansão infinita e não recorrente quando expressado com decimais] Ele continua para sempre! Isto faz sentido para uma das fórmulas mais profundas do universo? Nós sabemos que vocês colocaram o número pi nas placas de suas espaçonaves, para se comunicarem com qualquer um que a encontrar. É como uma comunicação matemática, pois caso alguma forma de vida inteligente a encontrasse eles diriam “Oh, os humanos tem o pi! Portanto eles devem ser inteligentes.” Deixe me dizer-lhes o que uma sociedade inteligente saberá quando virem aquilo. Eles olharão e dirão, “Estas criaturas estão viajando no espaço e nem mesmo tem a base 12! Olhe o que eles acham que é o pi! Eles ainda devem estar na base 10.” É como encontrar uma sociedade avançada com uma TV em preto e branco. O pi como expressado na base 12 não é um número irracional.

Há seis forças na natureza. Mesmo que o quatro seja um fator de 12, o seis e o 12 são aqueles que mais aparecem, sendo mais parecidos com a natureza. Olhem para a química do DNA e contemplem os fatores de 12 presentes lá. Está em toda parte. Antes de dizer o que são as outras duas forças deixe me falar sobre nomear as coisas. Eu darei os atributos delas e não os nomes, pois elas serão nomeadas de acordo com o que a ciência desejar nomeá-las mais tarde, quando então explicarão a matéria escura.

Existe uma diferença entre a galáxia e o sistema solar - uma grande diferença. Newton ouça. No meio do sistema solar existe massa comum. Não importa o quão grande ou o quão pequeno seja o sol em qualquer sistema solar ele representa massa comum e consistente. Quando vocês entram em sistemas gigantescos, como as galáxias, é aí que encontram a magia e as descobertas. Há anos atrás nós lhes dissemos o que estava no meio de cada galáxia causando a rotação, mesmo antes de ser notado pela ciência. Nós dissemos que há algo no meio, algo interdimensional - um buraco negro. Há alguns anos atrás nós demos então o resto da história; dissemos que há gêmeos no meio de cada galáxia. Há dois atributos quânticos. Um vocês chamam de buraco negro, o outro não podem ver. Este é o gêmeo. Eles são um sistema empurra/puxa de energia interdimensional. Eles representam a peça faltante das forças do universo e a energia que oscila, indo e vindo.

Agora, permaneça comigo [principalmente para Lee]. Vou oferecer algumas imagens em sua mente para isto. Deixe me dizer-lhes o que acontece quando vocês têm este tipo de energia interdimensional no centro de qualquer coisa. A lei de Newton não mais se aplica, pois o centro não é uma massa comum. Esta energia interdimensional tem uma coesão. Ela cria uma galáxia com rotação em disco constante devido a esta coesão. Todo um conjunto de leis para uma força interdimensional fraca e uma forte deve ser desenvolvido. Estas são as duas últimas forças. Agora vocês têm o seis. Vocês têm gravidade, eletromagnetismo, força nuclear forte e fraca e agora a número cinco e a número seis que são a força interdimensional forte e fraca.

Nova Informação sobre o Centro das Galáxias.

Cada galáxia tem um sistema empurra/puxa em seu centro. Este é um sistema de energia gêmea, mas vocês só vêm um. Vocês estão convencidos de que é invisível, um buraco negro. Nenhuma luz escapa, mas vocês pensam que é algo singular, uma única coisa. Como são tridimensionais! [risadas] Não é apenas uma coisa. Ao contrário é um belo buraco de uma agulha duplo. Agora ouçam. Quando começarem a mapear o universo e observarem como as galáxias são realmente colocadas juntas, já saberão que não é algo aleatório. Isto não é interessante? O que vocês chamaram de Big Bang não deveria estar distribuído de forma aleatória por toda parte a partir do quase nada? Então por que existe um padrão? Esta é a parte bela, querido ser humano. Existe um padrão no aparente caos do evento interdimensional que foi o Big Bang. Como dissemos antes, o seu Big Bang foi na verdade uma grande colisão interdimensional com outra força interdimensional. A interdimensionalidade parece ser o caos com um padrão escondido.

Imagine comigo por um momento uma agulha gigante. Passe duas linhas por ela. Uma vai para dentro do buraco negro e a outra sai dele. Estas linhas são cordas de força interdimensional que depois se conectam com outras galáxias, entrelaçando-se para dentro e para fora de seus centros que são buracos negros de olho duplo. Um sistema puxa/empurra - uma força interdimensional da qual ainda não estão conscientes, alinhavando as galáxias umas às outras. Agora visualizem em sua mente este acolchoado tendo uma simetria e um propósito. Se vocês pudessem olhar para o meio dele, para o meio do universo, a partir de certo ângulo, teriam a simetria de uma mandala. As galáxias são formatadas lindamente juntas em uma dança elegante. A simetria faz sentido e é de base 12. Nós lhes desafiamos a encontrar isto. E aquilo que parecem fios entrando e saindo dos centros das galáxias, estas novas forças que acabei de descrever, é uma malha. Uma malha com simetria e propósito... a malha cósmica [como originalmente definido por Kryon há muitos anos atrás]. Ela tem beleza. E é a energia faltante do universo segundo aqueles que procuram por ela. A matéria escura que todo mundo procura não está nos espaços vazios entre as coisas. Está nas cordas de forças interdimensionais entre as galáxias, colocadas lá propositalmente. Oh, é um sistema maravilhoso. Vocês desejam que a matéria escura faça sentido em 3D, mas não pode ser assim. Ela lida com as duas forças interdimensionais do universo que são quânticas e, portanto estão fora do tempo e da previsão de suas fórmulas 3D.

A Próxima Grande Descoberta… Visão Quântica

Ok, há mais um. Quero dar esta dica a vocês. Mais uma vez eu digo que isto está nos éteres. Isto quer dizer que está disponível para ser descoberto e é iminente. Os humanos precisam descobrir estas coisas por si mesmos, mas nós damos dicas. Quando isto acontecer saberão que ouviram aqui em primeiro lugar. [kryon sorri]

Isto é técnico. Não se preocupe meu parceiro. Eu lhe darei a imagem. Por vários anos os astrônomos têm colocado lentes especiais nos telescópios para obterem diferentes tipos de vistas do universo além da luz normal. A coleção da luz comum está ultrapassada para a astronomia real. Eles agora querem coletar radiação. Eles querem ter espectrometria para que possam dizer do que as coisas são feitas. Eles gostariam de medir o ir e vir da velocidade dos objetos obtendo então a mudança para o vermelho e a mudança para o azul para saberem se os objetos estão se aproximando ou se afastando do observador. Por vários anos eles têm colocado lentes especiais em seus telescópios para que possam ver o que a luz comum não pode lhes mostrar. A maioria de vocês não sabe que muitos dos telescópios do planeta nem mesmo permitem que olhem através deles! É tudo uma coleção controlada por computador do que está escondido na luz, ou o que está disponível através de outros métodos de medição. Eles sabem o calor das coisas, do que elas são feitas, para onde vão e as anomalias em suas trajetórias.

Não seria maravilhoso se alguém aparecesse na Terra com lentes astronômicas interdimensionais? E se isto fosse possível o que veriam? Veriam exatamente o que acabei de descrever. Primeiro vocês poderiam ver a natureza gêmea do buraco negro que parece ser um. Uma lente interdimensional olha para a gravidade e o tempo, e a curvatura deles em padrões.

Se estivessem olhando para o universo com esta lente, veriam como os gêmeos se relacionam um com o outro e veriam as fibras conectando as galáxias, muito claramente. Isto não seria maravilhoso? Explicaria a energia faltante, não é? Daria motivos aos cientistas para aumentar as quatro forças para seis! E... isto pode ser feito.

Agora eu lhes direi como isto se parece... ou quase. (Kryon sorri) Dica número um: vocês não podem colocá-lo na lente. Ele precisa ir o mais perto possível do instrumento receptor. No caso de um telescópio óptico, é o seu espelho. No caso de um telescópio digital é o seu globo ocular digital. Isto quer dizer que estas lentes não podem ir em nenhum outro lugar que não seja no plano focal. Isto fará sentido para aqueles que constroem telescópios. Ele precisa ir lá onde o foco é coletado. Dica dois: Esta lente não é física. Esta lente é plasma. O plasma é mantido coeso por campos magnéticos incrivelmente fortes. Oh, e é muito frio. E estas são as dicas.

Quando vocês desenvolverem isto e quando o ligarem e fizerem os ajustes no magnetismo que permitirá a coerência do plasma, vocês terão o próximo passo na astronomia - uma revolução, uma revelação. A física se modificará; sua realidade se modificará; e vou dizer-lhes por que. E este é o último apontamento que faço com relação à ciência antes de terminar. Vou dizer-lhes por que. Quando olharem para coisas interdimensionais, uma das coisas inesperadas que verão será... vida! A vida se estende devido à energia vital. Vocês poderão olhar para uma galáxia e as estrelas que brilharem [usando o filtro] terão vida ao seu redor! Que tal isto? Então todos ficarão com medo. (gargalhadas) É inevitável, sabem? Esta é nossa canalização científica.

Indo Embora…

Daqui a pouco vocês irão embora. Vocês se levantarão da cadeira e partirão. Alguns ficarão tristes e dirão, “Sabe, se houvesse uma forma de mantermos esta energia... eu realmente gostei disto.” Eu quero dizer-lhes, meus queridos, que temos isto em comum. Nós realmente gostamos disto também. Isto pede a pergunta, “Quem veio ver quem?” Vejam, nós damos desculpas para podermos passar algum tempo com vocês. Dizemos que vamos dar uma canalização científica e uma esotérica, só para que possamos estar com vocês, sabiam? Apenas para estarmos com vocês.

Vocês querem estar aqui porque estão interessados. Mas nós queremos estar aqui porque amamos vocês. Eu quero convidar lhes para recriarem este momento em cada dia de sua vida. E vocês poderão dizer, “Isto é muito difícil, pois não temos as pessoas ao nosso redor. Não temos aquelas pessoas especiais que estão no palco. Não temos a música. E, e, e...” Oh, sim, vocês tem! Nós acabamos de dar-lhes dois dias desta experiência; isto foi para dentro de sua consciência e vocês podem tirá-lo de lá sempre que quiserem voltar para cá onde estão agora. Tornem-se levemente quânticos. Saiam da 3D, apenas um pouquinho! Depois sorriam quando puderem senti-lo.

Há pessoas nesta sala que sabem sobre o que estou falando, que sabem que quando vão àquele lugar chamado meditação toda a energia que esteve aqui nestes dois dias flui de volta. Ela está dentro de vocês e sempre estará. Vocês sairão desta sala, o evento estará terminado e haverá aqueles que dirão, “Bem, aquilo foi muito, muito bom. Que pena que acabou.” Não acabou! Não acabou.

Nestes dois dias, nestes momentos, algumas pessoas receberam mensagens. As mensagens frequentemente eram estas. Honre a si mesmo. Vá devagar. Há um propósito para sua vida, e deixe a inteligência cósmica fluir para dentro e para fora de você. Seja pacífico. Pare de se preocupar. Aumente sua energia vital e sua saúde. Há um sistema de conexões entre cada ser humano nesta sala, até mesmo os que estão lendo, assim como acontece com as galáxias do universo. Invoque isto. E deixe que ele trabalhe por você, querido Trabalhador da Luz. Você não está só.

Você não está só.

Você não está só.

A mensagem de Kryon nunca mudará. Quanto meu parceiro inspirar pela última vez, terá a ver com amor de Deus por você, com o que é a Família e com o quanto sentimos sua falta enquanto está aqui. Este é um momento de grande alegria, reflexão e descoberta, e vocês nos permitiram compartilhar tudo isto com vocês. Esta entidade ama a humanidade. Irmão e irmã, até que nos vejamos de novo, seja lá como for, deixem os lemurianos brincar. Deixem-nos cantar suas canções. Estes são os momentos pelos quais esperavam, meus irmãos e irmãs, fluam para esta sala e deixem que estes Trabalhadores da Luz saibam que vocês estão aqui.

E assim é,

Kryon
----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
 

Traduzido por Gustavo Amorim: gustavo@faroldeluz.com.br
Fonte: http://www.faroldeluz.com.br/kryon/texto/Fisica&Ciencia.htm

Gostou! Indique o site para seus amigos.


Topo da Página   -    Voltar Menu Kryon   -   Voltar Home